Primeiro Colóquio marca início das atividades do Mestrado Profissional em Gestão Pública

Atualizado em 08/10/2019 às 16h07

Fotos: CDP/Progep/UFCA

Por meio de um acordo de cooperação com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a Universidade Federal do Cariri (UFCA) abriu a primeira turma do Mestrado Profissional em Gestão Pública. Nos dias 3 e 4 de outubro, foi realizado o Primeiro Colóquio sobre Gestão Pública da UFCA, que marcou o início das atividades da pós-graduação. A aula magna com o tema “Gestão Pública: Desafios e Perspectivas”, ministrada pela professora Maria Arlete Duarte de Araújo (UFRN), ocorreu na abertura do evento.

Neste dia, estiveram presentes o reitor da UFCA, professor Ricardo Ness; o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas, professor Mario Pacheco; o Coordenador do Curso de Administração Pública/UFCA, professor Eduardo Vivian; a Diretora do Centro de Ciências Sociais Aplicadas/UFRN, responsável pelas contratações do mestrado profissional Gestão Pública da UFRN/Fora de Sede, professora Maria Arlete Duarte de Araújo; e a Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública/UFRN, professor Maria Teresa Pires Costa.

Na aula magna, a professora Maria Arlete abordou o tema, partindo da compreensão de que a gestão pública se trata do esforço para traduzir a agenda política de governo, por meio de um conjunto de práticas administrativas e articulação com diversos atores, em ambientes democráticos para produzir mudanças sociais. “As mudanças sociais devem expressar melhorias substantivas para o bem estar da população”, disse a professora que apresentou um conjunto de dificuldades nos planos econômico, político e social que dificultam o alcance da efetividade das políticas públicas.

A docente ressaltou a necessidade do Brasil de ter um projeto de desenvolvimento que coloque como centralidade a redução das desigualdades e que as políticas públicas possam de fato serem orientadas para o alcance desse objetivo. Entre possíveis medidas, ela destacou a revogação do teto dos gastos públicos, pois impede os investimentos necessários à manutenção e expansão dos serviços públicos e o crescimento econômico; a promoção de uma agenda de crescimento baseada no investimento público; o investimento nas áreas sociais, como educação, saúde, transporte, meio ambiente, segurança, infraestrutura; a montagem de uma rede de políticas sociais com o objetivo de alcançar a verdadeira cidadania; a democratização do processo decisório e da gestão; a reforma tributária para que a conta da carga tributária deixe de ser cada vez mais centralizada nos rendimentos do trabalho e no consumo.

“Essas e outras medidas exigem um novo pacto político e social que mobilize toda a sociedade em um ambiente democrático e no qual a Gestão Pública seja de fato pública”, destacou.

Mestrado

Para a turma de 2019.2, foram aprovados 15 servidores técnico-administrativos, lotados em unidades acadêmicas e administrativas da UFCA estão participando da primeira turma. São previstos, no total, três turmas, com próximas entradas em 2020.2 e 2021.2. As aulas regulares do mestrado iniciaram no mês de setembro, na Sala de Capacitação, no campus Juazeiro do Norte. Tem uma frequência de uma semana por mês, no horário das 16h às 22h.

O Mestrado Profissional Gestão Pública é desenvolvido pela UFRN, em Natal, no Rio Grande do Norte. No Cariri, por meio da parceria, foi aberta uma turma fora da sede. Na UFCA, quem está à frente do mestrado é a Coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoal (CDP), da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep/UFCA).

Para a Coordenadora de Desenvolvimento de Pessoal da Progep/UFCA, Lilian Leite Cavalcante, a escolha do programa tem como objetivo transformar a percepção sobre o setor público. “Esta cooperação UFCA/UFRN visa a possibilidade de melhoria de serviços prestados para a comunidade por meio dos resultados das dissertações e projetos de intervenções dos servidores. Além disso, favorece a troca de conhecimento e experiências entre as duas instituições, principalmente no que refere a Administração Pública”, explicou.

Lilian Cavalcante ressalta ainda que o mestrado é um avanço na busca pela valorização e desenvolvimento dos servidores técnico-administrativos, além de atender à solicitação dos próprios servidores. “Em atenção ao objetivo estratégico ‘Adequar o quadro de pessoal’, buscamos neste projeto elevar o indicador IQCTA (Índice de Qualificação do Corpo Técnico Administrativo) previsto no PEI/2025. Além disso, foi observado como alto índice de solicitações pelos servidores sobre temas correlatos à Gestão Pública na modalidade mestrado, elencados no Levantamento de Necessidade de Capacitação (LNC) – 2018”, informou.

Para a professora Maria Arlete, que também é responsável pelas contratações do mestrado profissional Gestão Pública da UFRN/Fora de Sede, a parceria entre UFRN e UFCA demonstra que as duas universidades não consideram a distância um impedimento para concretizar um projeto que beneficiará a universidade pública. “Tanto a UFRN como a UFCA sabem da importância da presença da universidade pública, de qualidade e bem gerenciada para o desenvolvimento das regiões e do Brasil”, disse. Ela destacou ainda a qualidade do corpo de servidores técnico-administrativo da UFCA motivado a aprender e disposto a contribuir com a melhoria do desempenho da instituição.

Primeiro Colóquio

O Primeiro Colóquio sobre Gestão Pública da UFCA teve como objetivo refletir sobre os desafios para a Gestão Pública na atualidade, visando atender os anseios da sociedade. Focou em questões relacionadas aos desafios e perspectivas para a gestão pública na atualidade, nos mecanismos de transparência, controle e participação social na gestão pública e nas contribuições que a academia pode trazer para as instituições públicas.

O evento foi um espaço de divulgação e debate das experiências no campo dos desafios da gestão pública e teve a preocupação de estimular a pesquisa interinstitucional, estreitando as relações e possibilitando a cooperação entre instituições de ensino superior e o campo de atuação profissional dos gestores públicos.

Além da aula magna, o Primeiro Colóquio contou com atividades no dia 4. Pela manhã, foi realizada a mesa redonda Contribuições à Gestão Pública, juntamente com o pré-lançamento de livros derivados das produções do Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública da UFRN. À tarde, os estudantes tiveram a oportunidade de ouvir orientações acadêmicas, além de uma palestra sobre Ética em Pesquisa e Plágio, com a professora Maria Teresa Pires Costa (UFRN).

À noite, o evento se encerrou com a mesa redonda Transparência, Controle e Participação Social. Contou com a participação dos professores Fábio Resende de Araújo (UFRN), Marcelo Bezerra (UFCA) e Francisco Raniere Moreira da Silva (UFCA).

Contato

Coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoal (CDP)
Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep/UFCA)
atendimento.progep@ufca.edu.br
(88) 3221.9307