UFCA orienta profissionais do programa Mais Médicos no enfrentamento ao coronavírus no Cariri e no Centro-Sul do Ceará

Atualizado em 20/03/2020 às 19h11

Foto: Karina Zambrana (Arquivo/Ministério da Saúde)

A Universidade Federal do Cariri (UFCA), por meio da atuação da Faculdade de Medicina (Famed), vem promovendo ações de orientação aos profissionais de saúde que estão atuando no programa Mais Médicos nas regiões do Cariri e do Centro-Sul do Ceará no enfrentamento ao novo coronavírus. Atualmente, dois tutores e 19 supervisores, entre médicos docentes e preceptores da UFCA, acompanham, de forma remota, as atividades dos 175 médicos ativos que estão em 34 municípios cearenses.

Com a chegada da pandemia do coronavírus ao Ceará, os supervisores intensificaram a comunicação com os médicos que estão em campo, conforme diz a professora Sandra Barreto Fernandes da Silva, da Faculdade de Medicina da UFCA, que divide a tutoria do programa na região ao lado do professor Cláudio Gleidiston, também da Famed. A orientação ocorre por meio virtual e iniciou com a difusão de material que resume as orientações do Protocolo de Manejo Clínico para o Novo Coronavírus, disponibilizado pelo Ministério da Saúde (link para uma nova página).

Os médicos podem também estar em constante contato com os supervisores para solicitar uma segunda opinião formativa (fonte de informação que apresenta como conteúdo as perguntas e respostas baseadas em boa evidência relacionadas com os problemas prioritários de atenção primária à saúde). “A ideia é que cada supervisor acolha as dúvidas e as demandas de cada médico para que ele possa enfrentar isso junto com a comunidade. Para qualquer demanda ou dúvida desse médico será dado esse suporte on-line”, detalhou Sandra Barreto.

Diante da demanda ou da dúvida dos médicos, o supervisor vai se dirigir a uma comissão de especialistas, caso não saiba responder imediatamente. Em seguida, a comissão dará o retorno ao médico interessado. “Além de estar junto ao médico, é nosso papel fazer com que a atenção básica na nossa região tenha qualidade para a nossa sociedade. Se a gente tem uma atenção básica fortalecida, que trabalha com prevenção, que é o que temos precisado neste momento, temos que a resolubilidade que a atenção básica garante na teoria que é resolver 80% a 90% dos casos de saúde que chegam”, ressaltou.

A professora disse ainda que uma atenção básica fortalecida contribui com todo o sistema de saúde, já que ajuda na redução da sobrecarga do sistema nos níveis secundário ou terciário. No Sistema Único de Saúde (SUS), existem diferentes níveis de complexidades de atendimento. A atenção primária é mais voltada à prevenção, com atendimento em unidades básicas de saúde. A atenção secundária é responsável por procedimentos de média complexidade e compreende os serviços especializados, de apoio diagnóstico e terapêutico, e urgência e emergência. Já a atenção terciária se responsabiliza pelos procedimentos de alta complexidade, de elevada especialização.

Proteção dos profissionais

A equipe da Famed/UFCA também tem atuado no papel articulador junto à gestão dos municípios e do estado do Ceará para garantir que os médicos em campo tenham os equipamentos adequados para trabalhar, durante a pandemia do coronavírus, e evitar contaminação. A tutora Sandra Barreto também ressaltou que esses profissionais também podem recorrer aos supervisores da UFCA para apoio psicológico.

Mais Médicos no Cariri

Desde 2013, a UFCA, por meio da Famed, está envolvida na supervisão acadêmica do Mais Médicos na região do Cariri e Centro-Sul cearense. Como o programa é interministerial – Ministério da Saúde (MS) e Ministério da Educação (MEC) -, o MEC trabalha junto às instituições para disponibilizar essa supervisão acadêmica e o MS atua junto aos médicos e aos municípios. A portaria do MEC nº 585/2015 regulamenta a supervisão acadêmica como espaço de educação permanente.

Atualmente, os 34 municípios cobertos pelo Mais Médicos no Cariri e no Centro-Sul são: Campos Sales, Potengi, Assaré, Santana do Cariri, Nova Olinda, Farias Brito, Várzea Alegre, Caririaçu, Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Missão Velha, Jardim, Porteiras, Abaiara, Brejo Santo, Mautiri, Milagres, Mombaça, Catarina, Saboeiro, Jucás, Cariús, Cedro, Lavras da Mangabeira, Ipaumirim, Icó, Orós, Quixelô, Iguatu, Acopiara, Piquet Carneiro, Dep. Irapuan Pinheiro e Piquet Carneiro.

Com a chamada do Ministério da Saúde, aberta no dia 16 de março de 2020 (link para uma nova página), para os médicos brasileiros atuarem nos postos de saúde reforçando o atendimento à população frente à pandemia do coronavírus, o número de municípios cobertos nessa área do estado pode aumentar para 37 (Salitre, Aurora e Penaforte).

Serviço

Faculdade de Medicina (Famed/UFCA)
Campus Barbalha
+55 (88) 3221.9600
famed@ufca.edu.br