UFCA economiza cerca de R$ 153 mil com um ano de geração solar de energia. Segundo sistema já está em processo de instalação

Atualizado em 19/11/2021 às 09h38

Usina com potência de 668 kWp, que deve começar a operar em fevereiro de 2022. Foto: Dinfra/UFCA

A Universidade Federal do Cariri (UFCA), no final de outubro passado, completou um ano de geração de energia a partir da usina fotovoltaica, instalada na cobertura dos blocos J, L e N, no campus de Juazeiro do Norte. 

Composta por um total de 636 módulos fotovoltaicos, com potência de 222,6 kWp, a usina gerou, em média, 30.223 kWh/mês, o que representa uma economia em torno de R$ 153.000,00 na conta de energia do campus nos últimos 12 meses.

Conforme explica o chefe da Divisão de Eficiência Energética da Diretoria de Infraestrutura (Dinfra/UFCA), o engenheiro André Wagner de Barros Silva, a cada mês, o excedente de energia solar gerada pela UFCA é injetada na rede elétrica da Enel (empresa que administra a geração, a distribuição e o consumo de energia no Ceará), sendo descontado do consumo mensal do campus da Universidade. Assim, a economia de R$ 153 mil é referente à produção de energia solar, não tendo relação com o trabalho remoto e a consequente redução de atividades no campus.

“Vamos dizer que o campus de Juazeiro da UFCA consuma 120 mil kWh/mês. A nossa usina está gerando em torno de 30 mil kWh/mês. Então a Enel contabiliza 120 mil kWh que a gente consumiu e desconta 30 mil kWh que a gente gerou com a usina. Nesse caso, a gente só vai pagar para a Enel, em termos de consumo energético, a diferença desses valores multiplicado pelo valor da tarifa daquele mês”, exemplifica o engenheiro.

Segundo sistema 

No momento, a Diretoria de Infraestrutura da UFCA acompanha a instalação do segundo sistema fotovoltaico no campus Juazeiro do Norte. Dessa vez, com potência de 668 kWp. Serão 1758 módulos fotovoltaicos de 380 W cada. Assim como os primeiros módulos, esses também estão sendo instalados nas cobertura dos prédios do campus. 

Com essa segunda instalação, André Wagner informa que a UFCA passará a gerar uma economia de energia em torno de R$ 620.000,00 por ano. Esse valor é uma estimativa, já que depende das condições das tarifas energéticas da Enel e do rendimento do novo sistema.

A previsão para a usina de 668 kWp entrar em operação é fevereiro de 2022. O investimento total, juntando 1° e 2° contratação, foi de R$ 3.023.002,84.

Serviço

Diretoria de Infraestrutura
dinfra@ufca.edu.br