Programas como Pibid e Residência Pedagógica aproximam estudantes da UFCA e escolas públicas

Atualizado em 25/11/2019 às 15h37

Foto: Emanoella Callou - Dcom/UFCA

Desde 2012 o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência do curso de Música da Universidade Federal do Cariri (Pibid/UFCA) vem realizando oficinas gratuitas de Canto Coral, Violão, Teclado, Sopro, Metais e Bateria para os estudantes da Escola de Ensino Médio Governador Adauto Bezerra, em Juazeiro do Norte. Esse projeto atua também em outras escolas, como na Escola Polivalente Ernesto Geisel e na Escola Tiradentes, também em Juazeiro do Norte.

O Pibid é uma ação da Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação (MEC), vinculado à Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UFCA, que busca proporcionar aos estudantes da primeira metade dos cursos de licenciatura uma aproximação com as atividades práticas das escolas públicas e com os desafios encontrados no cotidiano das aulas.

Para Luís Henrique Oliveira, estudante do quarto semestre do curso de Música da UFCA que participa do Pibid há quase um ano e meio, como o curso de Música é de licenciatura, o Pibid proporciona uma experiência de como é ser professor e também entender qual será a melhor metodologia de ensino para a sua turma. Luís Henrique é responsável pelas oficinas de teclado, que já contaram, este semestre, com a participação de cerca de 20 estudantes da escola.

Diego Erilhen, também estudante do quarto semestre do curso de Música, que ministra oficinas de violão na escola, afirma que “o Pibid é de suma importância; ele faz com que nós [estudantes do curso de Música da UFCA] tenhamos a oportunidade de ter o contato com os alunos e também passar o conhecimento que aprendemos na UFCA”, disse.

O estudante do primeiro ano do ensino médio da Escola Adauto Bezerra, Francisco Cleber Costa, conta que conheceu o Pibid por meio dos colegas que participam das oficinas e passou a frequentar todas as atividades que estão à sua disposição. Para Francisco, essas atividades são uma oportunidade de aprender a tocar algum tipo de instrumento musical e despertam o seu interesse pelo curso de Música. “Esse projeto ajuda a gente a se encontrar e realmente conhecer algo novo (…), a gente pode até virar um músico”, disse.

Já para a participante da oficina de violão Jaquelyny Costa, também estudante do primeiro ano do ensino médio, essas oficinas ajudam a encontrar novas motivações: “Essas aulas de violão vem como um novo estímulo e também são muito boas para desestressar, além disso, é algo extraordinário tocar um instrumento e eu acho muito incrível eles [bolsistas do Pibid] ensinarem isso”, afirmou.

Além das oficinas, toda semana os estudantes do Pibid realizam o “Intervalo Musical”, onde outros estudantes do curso de Música da UFCA se apresentam durante o intervalo da escola. Segundo os bolsistas do Pibid, no final do semestre, será realizada uma apresentação coletiva com os alunos que participaram das oficinas.


Residência Pedagógica

Foto: Emanoella Callou – Dcom/UFCA

A escola Adauto Bezerra, além de receber ações do Pibid de Música, também é uma das escolas que recebem o programa Residência Pedagógica do curso de Filosofia da UFCA. Esse programa é uma das ações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do estudante de licenciatura na escola de educação básica.

Atualmente a UFCA conta com 24 bolsistas remunerados do curso de Filosofia que realizam encontros semanais em escolas públicas de Crato e de Juazeiro do Norte. Na Escola Adauto Bezerra atuam dois grupos de estudantes de Filosofia. Um grupo trabalha com a temática “Estado de Poesia”, abordando filosofia e arte utilizando uma metodologia experimental, e o outro aborda filosofia e tecnologia, através de cinedebates.

Segundo Emily Oliveira, estudante do primeiro ano do ensino médio que participa das atividades promovidas pelo curso de Filosofia, essa ação trouxe uma nova oportunidade de conhecer os assuntos relacionados à filosofia, à arte e a assuntos relativos à saúde mental e atualidades. Para ela, “essas aulas estão fugindo do padrão de chegar, sentar e estudar. Essas aulas são mais dinâmicas e você aprende melhor assim, além de debatermos assuntos que não debatemos em sala”, conta.

Segundo o professor Emanuel Marcondes, do curso de Filosofia, a residência pedagógica busca uma aproximação da UFCA com as escolas selecionadas: “O Projeto Residência Pedagógica funciona de forma orgânica e interativa, buscando articular a proposta de formação de professores da universidade, a partir dos subprojetos apresentados, possibilitando uma maior aproximação entre os projetos pedagógicos das licenciaturas e das escolas-campo selecionadas”, disse.

Além da Escola Adauto Bezerra, esse programa atua também no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), campus Juazeiro do Norte. Já em Crato, as escolas que recebem essa ação são a Escola de Ensino Médio Governador Adauto Bezerra (Polivalente), o Colégio Estadual Wilson Gonçalves, a Escola Estadual de Educação Profissional Governador Virgílio Távora e o Liceu do Crato.

Confira a galeria de imagens:

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência