Livro escrito por estudante da UFCA subsidia duas leis municipais na cidade de Tarrafas

Atualizado em 23/11/2022 às 15h11

Foto: Amanda Nobre - Jornalismo/UFCA

Desenvolvido pelo egresso do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Cariri (UFCA), Wesley Guilherme de Vasconcelos, o livro “Quantas histórias cabem dentro da ‘Tarrafa’?” conta a história da cidade de Tarrafas, a partir de entrevistas com personalidades do município – localizado no Cariri cearense, a 120km da maior cidade da região, Juazeiro do Norte.

O trabalho teve como objetivo contar a história da cidade de Tarrafas a partir de histórias de vida de tarrafenses, de lugares e do desenvolvimento da Educação (processo marcante para a cidade). São dez capítulos que contam a história de professoras e professores, cronistas, jornalistas, políticos e até sobre irmãos tarrafenses que lutaram na Guerra de Canudos, no fim do século XIX.

Além de manter viva a memória da cidade, o projeto contribuiu para a sanção de quatro leis municipais. Entre essas leis, estão a  Lei Municipal Nº 426/2021, que declara a professora Maria Luiza Leite Patrona da Educação Municipal de Tarrafas e a Lei Municipal 443/2022, que dá o nome da memorialista Dona Maria das Dores Leite Vasconcelos à Biblioteca Municipal de Tarrafas. 

O lançamento do livro ocorreu em dois momentos, no dia 18 de outubro de 2022, no pátio do campus Juazeiro do Norte da UFCA e no dia 18 de novembro de 2022, na cidade de Tarrafas. A versão digital da obra já está disponível on-line. 

A obra foi publicada com apoio da Pró-Reitoria de Cultura (Procult/UFCA) e teve tiragem de mais de 500 exemplares físicos, distribuídos gratuitamente em escolas e bibliotecas de Tarrafas.

Autor do livro, Wesley passou quase um ano coletando materiais relacionados à cidade de Tarrafas, como documentos, entrevistas antigas, cordéis, cartas, caderno de memórias e  quase mil fotografias. De entrevistas, somadas, foram quase 30 horas, entre entrevistas estruturadas e conversas informais. Wesley diz que percebeu a repetição de personagens tarrafenses ao longo de diversas entrevistas e, por isso, selecionou essas pessoas (10 no total) para nomear os capítulos do livro. 

De acordo com Wesley, por não ser factível contar a história toda de uma cidade em um livro, sua meta foi contribuir para esse processo, contando a história de pessoas que foram muito importantes para a cidade, mas que não tinham visibilidade. Assim, ele espera que o livro inspire novas pesquisas sobre cidades natais e que incentive, nos leitores da obra, o hábito de contar histórias e manter viva a cultura de suas respectivas cidades.

Para que o livro fosse produzido e impresso com apoio da Procult/UFCA, Wesley precisou formalizar um projeto de Cultura, submetendo a iniciativa a uma seleção via edital. Assim, o projeto “Quantas Histórias Cabem Dentro da ‘Tarrafa’? Uma biografia a partir da memória coletiva” foi selecionado e formalizado, sob tutoria do professor do curso de Jornalismo da UFCA, Tiago Coutinho, contando ainda com o trabalho de três bolsistas, discentes da UFCA: Leciana Fernandes (tarrafense e estudante do curso de Administração Pública da UFCA, que atuou como bolsista remunerada), Andressa Yare e Paulo Rossi – ambos estudantes de Jornalismo que atuaram como voluntários. 

Serviço

Pró-Reitoria de Cultura
procult@ufca.edu.br