Andifes, Conif e Abruem assinam acordo com TSE para apoiarem o sistema eleitoral brasileiro

Atualizado em 20/07/2022 às 16h02

Arte: Divulgação - Andifes

Representantes da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) firmaram parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para apoio à defesa da democracia, à realização de eleições livres e à confiança no sistema eleitoral brasileiro.

Na ocasião, que ocorreu em junho deste ano, as entidades apresentaram ao presidente do TSE, ministro Edson Fachin, um documento conjunto (link para uma nova página) que reafirma a confiabilidade no TSE e em seu histórico na realização de eleições seguras; e também assinaram o termo de cooperação e de adesão ao Programa Permanente de Enfrentamento à Desinformação do Tribunal Superior Eleitoral (link para uma nova página)

No acordo, Andifes, Abruem e Conif – que juntas representam o maior número de instituições de educação superior do  país – se comprometeram em auxiliar o TSE na divulgação das informações oficiais sobre o processo eleitoral. Além disso, para ampliar a participação nas Eleições 2022, as entidades se comprometem com o engajamento na mobilização junto à sociedade civil. 

“Eu confio no Sistema Eleitoral Brasileiro”

Colocando em prática os termos do acordo firmado com o TSE, a Andifes lançou, neste mês de julho de 2022, a campanha “Eu confio no Sistema Eleitoral Brasileiro”, que é uma colaboração com o Conif, com as universidades e os institutos federais.

A iniciativa tem o objetivo de tirar dúvidas, divulgar informações sobre o processo eleitoral e, consequentemente, reduzir o compartilhamento de fakes news. Sobretudo, a campanha busca ainda incentivar o voto entre os grupos de eleitores que não são obrigados a votar, como idosos e jovens com idades entre 16 e 18 anos.

Como parte das atividades dessa colaboração, haverá um cronograma de postagens nos sites institucionais e nas redes sociais da Andifes, do Conif, das universidades e dos institutos federais até o término do período eleitoral. De acordo com a Andifes, as publicações seguem as leis que regem o processo eleitoral brasileiro. 

*Com informações da Andifes

Serviço

Diretoria de Comunicação
dcom@ufca.edu.br