Início do Conteúdo

CCSA

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS-CCSA

 

Apresentação

O Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) é uma unidade acadêmica de ensino, pesquisa, extensão e cultura, constituída por Cursos de Graduação e PósGraduação que disseminam áreas específicas do conhecimento humano. Criado em 23 de abril de 2014, por meio da Resolução n.º 10/2014/CONSUP.  O CCSA ao longo do ano de 2014 elaborou três propostas pedagógicas para implantação de dois novos cursos, são eles: Ciências Contábeis e Museologia, bem como, a duplicação de vagas do Curso de Administração.
Atualmente o CCSA possui 432 alunos ativos matriculados nos três cursos de graduação ofertados, sendo 181 alunos ativos no Curso de Administração, 143 em Administração Pública e 108 em Biblioteconomia. Nossa pretensão para os próximos anos é ampliar o número de alunos matriculados em 100%. Com a duplicação das vagas do Curso de Administração, passaremos a ofertar 200 vagas a partir de 2017.1. Já para 2018.1 espera-se que o número total de vagas ofertadas na graduação seja de 250 considerando a abertura do curso de Contabilidade, com perspectivas de ampliação tanto no número de vagas, quanto na oferta de novos cursos de graduação.  
Com relação às iniciativas na Pós-Graduação, vale ressaltar que o CCSA oferta três cursos, sendo um stricto sensu e dois lato sensu. São eles: o ‘Programa de PósGraduação em Biblioteconomia’, na modalidade Mestrado Profissional, o ‘Curso de Especialização Gestão em Ambientes de Informação’, iniciado no dia 09 de outubro de 2015 eo ‘Curso de Especialização em Inovação Social em Economia Solidária’, iniciado no dia03 de setembro de 2016.Esses três cursos juntos ofertam anualmente 82 vagas aproximadamente.  
As perspectivas para o futuro incluem a submissão de um projeto de Mestrado Profissional em Administração em 2017, que caso obtenha êxito e seja aprovado pela Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), poderá iniciar suas atividades em 2018; e outros cursos lato sensu nas áreas de Biblioteconomia e Administração Pública. Vales ressaltar que para alcançar esses objetivos foi criada uma comissão para planejar e criar os referidos projetos. Com relação à estrutura organizacional, o CCSA é composto por: Direção, ViceDireção, Coordenações de Cursos de Graduação, Programas de Pós-Graduação e de Órgãos Suplementares1. Atualmente possui os seguintes Cursos de Graduação: Administração, Administração Pública, Biblioteconomia e Ciências Contábeis em fase de Implantação (2018.1).   

 

 

 

O CCSA é administrado atualmente pelos professores: Maria Cleide Rodrigues Bernardino (Diretora) e Marcus Vinícius de Oliveira Brasil (Vice-diretor). Conta com três servidores: Sandra Ribeiro Maia (Secretária Executiva) Luiz Ozélio de Queiroz Damasceno e Carlos Cesar Simões (Assistentes Administrativos). Está localizado na Universidade Federal do Cariri, Campus Juazeiro do Norte, situado à Av. Tenente Raimundo Rocha, s/n, Bairro Cidade Universitária, Juazeiro do Norte, Ceará, CEP: 63.048-080.
CONTATOS:
  • Secretaria do CCSA O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Direção do CCSA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Apoio administrativo do CCSA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
Telefone: (88)3221-9200 –Ramal 9740  
 
 

O curso atualmente tem quatro anos de duração e passou em 2016.2 a ter duração mínima de 4,5 anos - 9 semestres letivos - e máxima de 7 anos - 14 semestres letivos. Aos discentes que cumprirem os requisitos de integralização será conferido o título de bacharel em Administração.  O curso está vinculado ao CCSA da Universidade Federal do Cariri (UFCA), na cidade de Juazeiro do Norte/CE. Oferta semestralmente 50 vagas, totalizando 100 vagas anuais,com a reformulação do projeto pedagógico e a duplicação das vagas. Oregime de seleção como primeira entrada é o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e para a modalidade graduados e transferidos é o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O curso funciona no período noturnodas 18h às 22h. Além dos componentes curriculares (disciplinas, estágio e atividades complementares) o Curso de Administração oferece programas e projetos de extensão que atendem a sociedade em geral.   
 
2.1.1 Programas e Projetos Abertos a Comunidade  
O Curso de Administração mantém os seguintes programas e projetos:  
 
2.1.1.1 Programa de Educação Tutorial - PET ADM  
O Programa de Educação Tutorial (PET)do Curso de Administração, o PET ADM é formado por grupos tutorias de aprendizagem em que os estudantes são incentivados a desenvolver à pró-atividade, trabalho em equipe e excelência, enriquecidos pela experiência do encontro e do diálogo.  O Grupo PET ADM foi criado em 25 de março de 2008, mas iniciou suas atividades em 1º de Julho deste mesmo ano com 04 bolsistas. Desde 2009 o PET ADM é o responsável pela realização da Semana da Administração do curso. Em Janeiro de 2010 realizou o IX Encontro Cearense dos Grupos PET(ENCEPET), que reuniu diversos grupos de todo o Estado, realizando palestras, mesas redondas, grupos de trabalhos e apresentações de trabalhos.  O PET ADM vem atuando de forma destacada para a formação complementar sólida dos seus membros em relação ao domínio da ciência da Administração. Neste tempo, foram inúmeras as atividades realizadas para os membros deste programa e diversos deles voltados para compartilhar o saber com os demais estudantes e docentes do curso de Administração.  Até 2016, já passaram pelo programa 49 membros. Cerca de onze destes seguem o caminho acadêmico – aliás, alguns deles já são docentes no curso de Administração da UFCA - e quatro possuem seus próprios negócios. Atualmente o tutor do PET ADM é o Prof. Jeová Torres Silva Júnior. O portfólio de projetos do PETADM-UFCA possui quatro projetos: Café com Empreendedores, Missões PET, Ex-PET e Andanças Culturais. E ainda possui linhas de pesquisa, sobre, por exemplo, turismo na região, economia compartilhada, casos para ensino, etc.  O PETADM da UFCA realiza seus projetos proporcionando tanto aos bolsistas como aos discentes do curso uma formação pautada em diversas formas de aprendizagem, agregando diferentes valores à sua formação acadêmica, profissional e pessoal. Atualmente conta com doze petianos. 
 
2.1.1.2 ACERTE - Empresa Júnior de Administração  
As Empresas Juniores são constituídas como uma associação civil com a finalidade de realizar projetos e serviços que contribuam para o desenvolvimento regional, formando profissionais capacitados e comprometidos com esse objetivo, oferecendo serviços acessíveis de qualidade ao mercado.  A Empresa Júnior do Curso de Administração Iniciou seus trabalhos com alunos do primeiro e terceiro períodos, no segundo semestre do ano de 2007. Após a fase de organização, no início de 2008 a Associação Civil dos Alunos do Curso de Graduação em Administração da Universidade Federal do Ceará (ACERTE) foi fundada, composta por seis diretorias. O nome da empresa foi escolhido por votação online com participação de alunos, professores e técnicos administrativos e sua logomarca foi criada pelo discente Rafael Ribeiro do 2º semestre de Administração, na época.  O trabalho dos membros da empresa iniciou permeado por leituras e reuniões para troca de experiências com membros de outras empresas juniores da região e estado. Declaração de imposto de renda e pesquisas de mercado constituíam os principais serviços oferecidos, como também a organização de eventos como o I Congresso de Empreendedorismo Universitário, proposta inicial das atividades da empresa, que contou com participação de 400 inscritos e rendeu aos estudantes recursos necessários para o registro legal da Acerte. A Acerte desenvolveu suas atividades até 2013. No ano de 2015, agora como Universidade Federal do Cariri, a empresa foi reativada. Estudantes do 1° semestre, orientados pelo histórico da Acerte, se interessaram em reativar a empresa júnior, porém com um novo nome, Premium Consultoria, sob nova formação e novos trabalhos. Nesse sentido, aos novos membros da empresa júnior coube a dedicação e empenho de esforços para garantir o crescimento da empresa para além das fronteiras da universidade, com trabalho pautado na ética e valores morais. Atualmente conta com a orientação dos profs. Danival Cavalcante e Jennifer de Nadae.  
  
2.1.1.3ENACTUS  
O time ENACTUS - o (ENtrepreneurial-ACT-US) da UFCA, inicialmente SIFE (Students In Free Enterprise), nasceu em 2009, sendo a primeira equipe Enactus do Estado do Ceará. Sua missão é “formar novos líderes através de projetos sociais que aproveitam a potencialidade econômica da região e levam o desenvolvimento às comunidades não-atendidas”. Tem conseguido atingir sua visão de “tornar-se referência de competência, determinação e motivação como organização social e estudantil”, uma vez que tem recebido varias premiações ao longo dos seus sete anos de existência.  As equipes Enactus do Brasil se reúnem anualmente em um Campeonato Nacional, em que os projetos realizados durante o ano são apresentados a executivos de grandes corporações do Brasil. O vencedor do campeonato é classificado para representar o Brasil na competição internacional. O time Enactus UFCA participou de todas edições do Campeonato Nacional, desde quando foi iniciado. O Campeonato proporciona também uma série de prêmios. O time Enactus da UFCA já recebeu os seguintes prêmios: Prêmio Desafio Endeavor de Empreendedorismo (2010); 2º lugar de liga no Campeonato Nacional Enactus Brasil (2011; 2012; 2014), finalista do Campeonato Nacional Enactus Brasil (2013), título de Professora Conselheira do Ano, enquanto tutorado pela professora Halana Adelino Brandão (2012), Prêmio Walmart de Empoderamento de Mulheres (2012; 2014), Prêmio de Ética e Integridade da KPMG (2014) e o Prêmio WeAllWin (2016).  
 
2.1.1.4Núcleo de Estudos e Pesquisa em Organizações, Cultura e Sociedade - NEPOCS  
O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Organizações, Cultura e Sociedade(NEPOCS) foi fundado em setembro de 2009. Trabalha numa perspectiva multi e interdisciplinar, como um núcleo de apreensão, criação e disseminação de conhecimentos teóricos e práticos, que concentra suas atividades na investigação de fenômenos organizacionais, culturais e sociais, em seus elementos constitutivos, objetivos e subjetivos, buscando interfaces entre as áreas da Teoria Organizacional e o Pensamento Social.  
O NEPOCS na região do Cariri pretende ser uma relevante fonte de promoção de estudos, pesquisas e projetos que contribuam para ampliação dos quadros de referência de conhecimentos teóricos e práticos em estudos organizacionais, numa perspectiva sistêmica. E é o núcleo responsável pelo projeto NATIVUS.  
 
2.1.1.5Núcleo de Estudos em Negócios, Estratégia e Consumo - NEC  
O Núcleo de Estudos em Negócios, Estratégia e Consumo (NEC) é um grupo de pesquisa e extensão fundado em abril de 2010, com o intuito de aproximar os alunos do curso de administração do mundo empresarial, realizando pesquisas e projetos para contribuir com o desenvolvimento pessoal e profissional de cada integrante e contribuir com as empresas da Região do Cariri.  
 
2.1.1.6Núcleo de Empreendedorismo, Responsabilidade e Marketing Social - NERMS  
O Núcleo de Empreendedorismo, Responsabilidade e MarketingSocial (NERMS)é coordenado pelo prof. Marcus Vinicius de Oliveira Brasil e iniciou suas atividades em 2007. Tem como principal objetivo pesquisar a comunidade em geral, facilitando ações empreendedoras de responsabilidade socioambiental, divulgando essas ações patrocinadas por empresas, pessoas físicas, associações e organizações por meio da mídia local, articulando-se com as organizações da Região do Cariri e Fortaleza-CE, que promovam ações empreendedoras sustentáveis vinculadas à responsabilidade e o marketing social.
 
 
 

O Curso de Administração Pública da UFCA está vinculado ao CCSA e oferece anualmente 50 vagas no período noturno. A entrada de novatos acontece no primeiro semestre do ano. Tem como objetivo “Contribuir com a formação técnico-política e ética de profissionais e pesquisadores qualificados para atuarem como administradores públicos e/ou gestores sociais, capacitados para interpretar os desafios da contemporaneidade, críticos em relação às transformações sociais e comprometidos com a busca de percursos de desenvolvimento sustentável local e global. Na ultima avaliação do MEC, o Curso obteve nota 4,0 em um escala de 0,0 à 5,0 e, recentemente passou por um processo de revisão do seu Projeto Pedagógico, adequando-se às novas diretrizes curriculares da Administração Publica (Resolução CNE/CES 1/2014. Diário Oficial da União, Brasília, 13 de janeiro de 2014 – Seção 1 – pp. 17-18).
A matriz curricular no Curso foi pensada a partir de dois grandes eixos temáticos: Eixo 1 – DEMOCRACIA E SOCIEDADE e Eixo 2 – ESTADO E GOVERNANÇA PÚBLICA, composto por unidades curriculares específicas, além das suas áreas transversais. O eixo Democracia e Sociedade agrega as unidades curriculares de Estado e Sociedade e Gestão Social.  O eixo Estado e Governança Pública concentra as unidades curriculares de Gestão Pública e Políticas Públicas e Contabilidade e Finanças Públicas. As Áreas Transversais são compostas pelas unidades curriculares de Direito, Economia, Metodologia de Pesquisa e Administração.  As disciplinas são distribuídas em unidades curriculares, contemplando os principais temas e abordagens dentro do campo multidisciplinar da Administração Pública. Desde a sua criação, o Curso vem se empenhando para atender as demandas de formação voltadas para a atuação na esfera pública ampliada.  
Oferece ao estudante opções de construir a sua “trilha formativa”, através das disciplinas optativas, mais voltadas para o setor público não governamental (eixo: Democracia e Sociedade) ou o setor público governamental (eixo: Estado e Governança Pública).  A matriz curricular é composta por 36 disciplinas obrigatórias, incluindo 07 oficinas temáticas, ofertadas do primeiro ao sétimo semestre com o objetivo de transversalizar os conteúdos e reforçar a relação entre teoria e prática. Dispomos, ainda, de 25 disciplinas optativas, distribuídas entre os dois eixos formativos ou de caráter transversal. O estágio em Residência Social (RS) e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são atividades obrigatórias, juntamente com as Atividades Complementares (AC).  
Quanto ao tipo de formação, 24 disciplinas compõem a formação básica e 38 são de formação profissional.    
 
2.2.1 Programas e Projetos Abertos à Comunidade  
 
2.2.1.1. ITEPS – A Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares e Solidários   
Atua desde o final de 2009 junto aos grupos de economia solidária da região do Cariri, bem como no suporte ao próprio movimento político local em torno deste tema. A mesma se caracteriza enquanto um programa de extensão vinculado a Universidade Federal do Cariri - UFCA, que tem como principal objetivo desenvolvimento de metodologias de incubação através da atuação articulada entre pesquisa, extensão e ensino. Isto se dá visando o  fortalecimento de redes locais de economia solidária, através de ações estratégicas e integradas que orientem o desenvolvimento dos empreendimentos econômicos solidários e seus sujeitos integrantes. Seu objetivo é desenvolver ações estratégicas e integradas que orientem a inserção de empreendimentos produtivos populares e solidários para construir, revitalizar e ampliar oportunidades de geração de trabalho e renda, sensibilizando-os para o Associativismo e Cooperativismo Empreendedor, Qualidade na Gestão, Acesso ao Crédito e Comercialização eficaz, priorizando empreendimentos de pessoas ou grupos produtivos formados por indivíduos em condições socioeconômicas mais vulneráveis – com ênfase na constituição e fortalecimento de redes locais de economia solidária e apoiando-se na perspectiva do desenvolvimento sustentável.   
 
2.2.2.2. LIEGS - Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Gestão Social  
O LIEGS foi constituído com o objetivo central de ser um ambiente de apreensão, prospecção, formação, articulação e difusão de conhecimentos teóricos e práticos em gestão social, contribuindo para a consolidação desta temática, numa perspectiva interdisciplinar. Tem provado a razão da sua existência e sua competência em relação às temáticas subjacentes da gestão social. Para execução destes trabalhos, a equipe do LIEGS conta com 07 professores de formações diversas (filosofia, administração, sociologia, direito e engenharia), articulando os cursos de Administração, Filosofia e Biblioteconomia do Campus Cariri da UFC, além de outras Unidades de Ensino Superior com os cursos de Fisioterapia, Psicologia e Serviço Social. 
Desta forma, a constituição do Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Gestão Social (LIEGS) na região do Cariri é relevante enquanto uma fonte de promoção de estudos, pesquisas e projetos que contribuam para edificar um conceito mais preciso à gestão social;  
 
2.2.2.3. NPPCA - Núcleo de Pesquisas e Práticas Contábeis Administrativas  
Projeto de Extensão iniciado em 2014 que tem por objetivos desenvolver um processo de capacitações sobre Sistema Tributário Nacional, promovendo uma ampla discussão, visando à mudança cultural da relação entre o cidadão e o Estado, possibilitando uma qualificação do controle social dos gastos públicos; disponibilizar capacitações em orçamento público, direito administrativo, Tributário e Lei de Responsabilidade Fiscal; Mobilizar estudantes e os servidores e funcionários das secretarias municipais afetas a essas questões nos municípios de atuação da UFCA; Articular ações de informação sobre direitos nas rádios, televisão e jornais de atuação na região do Cariri; Subsidiar os gestores públicos e a sociedade com ferramentas que visam melhorar a gestão pública e Discutir o entendimento da sociedade quanto à interpretação de informações públicas administrativas. As ações de capacitações são realizadas com base em um planejamento prévio envolvendo alguns parceiros como a Secretaria da Receita Federal, Faculdade de Juazeiro do Norte e Faculdade Leão Sampaio, além das prefeituras dos municípios com área de abrangência da Universidade Federal do Cariri: Icó, Brejo Santo, Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. O público alvo são alunos dos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Administração Pública e Direito, além dos servidores públicos municipais e toda a comunidade que tenha interesse em conhecer os mecanismos utilizados pelos gestores da Administração Pública.   
 
2.2.2.4. PRÁXIS PÚBLICA  
Empresa Júnior do Curso de Administração Pública da UFCA.  Presta consultoria e assessoria em Gestão Pública para organizações governamentais e não governamentais.  Promove cursos, oficinas e eventos ligados à gestão pública e social.  
 
2.2.2.5. Trabalho, Renda e Economia Solidária - PIE
O projeto ‘Trabalho, Renda e Economia Solidária’ (PIE) é um espaço de articulação entre a universidade e outros atores públicos, privados e sociais em torno da viabilização de estratégias geração de renda baseadas no trabalho coletivo e na solidariedade, contribuindo para o desenvolvimento local.  Pretende, portanto, oferecer suporte teórico-metodológico visando ao fortalecimento e sustentabilidade das ações de extensão implementadas.  Os PIEs são ações de extensão interdisciplinares gerenciadas em conjunto com a Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) que abrangem quatroáreas, a saber: relação entre universidade e escola básica; tecnologias socioambientais; saúde comunitária e trabalho, renda e economia solidária.  Atualmente, o PIE passa por um processo de realinhamento metodológico passa a ter a denominação: ‘Trabalho, Desenvolvimento e Economia Solidária’. Conta com uma equipe de quatro bolsistas e com a coordenadora Profª Victoria Regia Arrais de Paiva.   
 
 

O curso de Bacharelado em Biblioteconomia - assim como o curso de Administração - foi criado em 2006 na região do cariri como um dos cinco cursos ofertados pelo então Campus Avançado da UFC no Cariri. Atualmente oferta 50 vagas anuais, sendo o regime de seleção como primeira entrada o SiSU e para a modalidade graduados e transferidos o ENEM.  O curso tem a finalidade de formar profissionais aptos a atuar como gestores de informação em qualquer ambiente informacional, com competências para desenvolver atividades de planejamento, organização, recuperação, disseminação da informação, pesquisa e atividades culturais. O Projeto Pedagógico do Curso define que:  
 

[...] os cursos de Biblioteconomia têm como missão, capacitar o profissionalda informação para o desenvolvimento gerencial de centros de informação, habilitando-o, também, para o desempenho  de atividades de pesquisa e pedagógicas, de liderança proativa, domínio do conhecimento em áreas específicas, capacitando-os a compreender o valor da informação e a reconhecer a importância política, social, econômica e cultural da informação (PPC, 2006).   

 
Neste sentido, o Curso de Biblioteconomia da UFCA tem como missão, formar profissionais com visão interdisciplinar, capazes de contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico e social, como cidadãos partícipes e comprometidos com a construção de uma sociedade justa, equilibrada e autossustentável. E capazes de: a) Gerar produtos a partir dos conhecimentos adquiridos e divulgá-los; b) Formular e executar políticas institucionais; c) Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos; d) Utilizar racionalmente os recursos disponíveis; e) Desenvolver e utilizar novas tecnologias; f) Traduzir as necessidades de indivíduos, grupos e comunidades nas respectivas áreas de atuação; g) Desenvolver atividades profissionais autônomas, de modo a orientar, dirigir, assessorar, prestar consultoria, realizar perícias e emitir laudos técnicos e pareceres; h) Responder a demandas sociais de informação produzidas pelas transformações tecnológicas que caracterizam o mundo contemporâneo; i) Interagir e agregar valor nos processos de geração, transferência e uso da informação, em todo e qualquer ambiente; j) Criticar, investigar, propor, planejar, executar e avaliar recursos e produtos de informação; k) Trabalhar com fontes de informação de qualquer natureza;
l) Processar a informação registrada em diferentes tipos de suporte, mediante a aplicação de conhecimentos teóricos e práticos de coleta, processamento, armazenamento e difusão da informação; m) Realizar pesquisas relativas a produtos, processamento, transferência e uso da informação.  
 
Até o período de 2016.1 o Curso de Biblioteconomia formou 162 profissionais, sendo que aproximadamente 60% estão inseridos no mercado profissional tanto na iniciativa pública como privada e 20% inseridos em programas de pós-graduação em nível de mestrado acadêmico e profissional e dois egressos finalizando seus estudos de doutoramento.  
 
2.3.1 Programas e Projetos Abertos à Comunidade   
O Curso de Biblioteconomia mantém os seguintes projetos e programas:  
 
2.3.1.1 Programa de Educação Tutorial - PET de Biblioteconomia  
O PETde Biblioteconomia é um programa educação tutorial foi criado em março de 2014, em atendimento ao Edital PROEN/CEG/UFCA nº 01/2014. Seu objetivo geral é favorecer a formação de profissionais bibliotecários com elevada competência acadêmica, tecnológica e científica por meio do desenvolvimento de novas práticas pedagógicas, inseridas no âmbito do ensino, pesquisa, cultura e extensão. Seus objetivos específicos são: otimizar a aprendizagem discente mediante a modificação de práticas pedagógicas, introdução de novas metodologias de ensino e articulação entre atividades de ensino, pesquisa, cultura e extensão; estimular, orientar e acompanhar os discentes na reflexão e solução de problemas existentes em ambientes informacionais; e contribuir para o aprendizado integral do aluno, proporcionado por vivências e inserções entre academia e o mercado de trabalho, mediado pela ética profissional. O primeiro ano do PET de Biblioteconomia contou com sete projetos nos quatro eixos da UFCA (ensino, pesquisa, cultura e extensão) e teve as seguintes aspirações para o final de 2014: consolidação do grupo e reconhecimento perante a comunidade acadêmica, assim como a inserção de novos projetos; alcançar a meta de 20% de egressos inseridos no mercado de trabalho e 10% em programas de pósgraduação; e também minimizar a evasão em aproximadamente 50%. As ações do PET em 2014 e 2015 contribuíram sobremaneira para que essas aspirações fossem alcançadas plenamente, com exceção da evasão, pois se conseguiu a completude das turmas, mas a permanência ainda é um desafio.  O PET de Biblioteconomia em 2015 criou sua identidade visual e conseguiu a inserção de alguns projetos de visibilidade, como o Bibliocine, que trata da imagem do bibliotecário e da biblioteca veiculados no cinema nacional e internacional, proporcionando debates com a mediação dos petianos. Iniciou com seis bolsistas e em 2015 e 2016 foram inseridos mais dois bolsistas, contando atualmente, ao final de 2016, com dez bolsistas e um voluntário. Para 2017 está prevista a entrada de mais dois bolsistas para totalizar os doze previstos no Edital PROEN/CEG/UFCA nº 01/2014. 
A tutoria do PET de Biblioteconomia é da Profª Maria Cleide Rodrigues Bernardino e a cotutoria da ProfªGracyKelli Martins. É um projeto de grande visibilidade e que articula as atividades de ensino, pesquisa, extensão e cultura, alicerçadas na reflexão do fazer bibliotecário e de um futuro profissional condizente com as novas demandas mercadológicas, um profissional completo, atualizado com as tecnologias, com o viés humanista da profissão e pautado pela ética.  
 
2.3.1.2AGIR Consultoria Júnior  
A Agir Consultoria Júnior é a Empresa Júnior do Curso de Biblioteconomia da UFCA. Trata-se de uma associação civil sem fins lucrativos cuja missãoé atuar na área informacional, em seus distintos nichos mercadológicos, prezando pela qualidade na prestação de seus serviços, sempre priorizando a integração do conhecimento teórico e prático, resultando assim em benefícios aos discentes do curso de Biblioteconomia da UFCA, que entrarão em contato com a experiência profissional e empresarial da região do Cariri. A AGIR está localizada na Avenida Tenente Raimundo Rocha, S/N, no bairro Cidade Universitária, CEP: 63.040-360 – Juazeiro do Norte –CE. Sala 37, Telefone: (88) 3572-7221 ou 7222. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .  E oferece os seguintes serviços: a) Técnicos: Catalogação, indexação, classificação e normalização de trabalhos técnicos científicos e elaboração de fichas catalográficas.  b) De gestão: Consultoria para gestão, organização e implantação de Bibliotecas e Arquivos; consultoria para o desenvolvimento de acervos literários e científicos; Marketing de Bibliotecas, Consultoria para Software de automação de Bibliotecas.  A primeira tutora da Agir foi a ProfªAriluciGoes Elliot, ainda como Campus Avançado da UFC no Cariri. Atualmente a profª Irma Gracielle Carvalho de Oliveira Souza é a tutora da Empresa Júnior de Biblioteconomia.  
 
2.3.1.3Grupo de Pesquisa: Biblioteca, Informação e Sociedade - BIS 
 O Grupo de Pesquisa Biblioteca, Informação e Sociedade (BIS) foi criado em 2013 e é certificado pela UFCA. Tem por objetivo compreender o papel da informação e da biblioteca no processo de produção do conhecimento em suas dimensões político-institucional, produtiva e cultural. E atua diretamente nas pesquisas que envolvam a biblioteca como espaço informacional, a informação como objeto de pesquisa e construto social e a sociedade no contexto da biblioteca e da informação. As pesquisas que estão vinculadas ao BIS procuram situaras dinâmicas de cooperação e conflito em torno da produção, circulação e apropriação da informação e do conhecimento no cerne das formas de poder na sociedade; e compreender o contexto e as dinâmicas entre o processo de produção, circulação e controle da informação na sociedade contemporânea e aquele da memória em sua dimensão cultural e política.  O BIS conta com pesquisadores docentes, discentes de graduação e pósgraduaçãoe técnicos e tem como líder a Profª Maria Cleide Rodrigues Bernardino e vice-líder a Profª Francisca Pereira dos Santos.  Está abrigado em três linhas de pesquisa, a saber:  a) Gestão, mediação e serviços de informação;  b) Memória, organização e representação da informação e suas tecnologias; e c) Políticas culturais, leitura e formação de leitores. Se configuram como campos possíveis de investigação os arquivos, bibliotecas, museus e centros culturais enquanto "lugares de memória", Igualmente os portais e sítios eletrônicos, públicos ou privados, além de blogs e redes sociais. Tais fenômenos não apenas produzem seus discursos, como podem se coadunar às releituras e reconfigurações de significados, representações e poderes relacionados aos usos da informação. O BIS se reúne quinzenalmente na sala do PET para discutir e dialogar sobre as variadas temáticas que envolvem o escopo de pesquisa do grupo. Os principais produtos oriundos do BIS são artigos de periódicos e eventos, monografias de conclusão de curso de graduação e especialização; e dissertação de mestrado.  
 
2.3.1.4Laboratório Interdisciplinar de Gestão e Tecnologia da Informação - LAGENTI 
 Laboratório Interdisciplinar de Gestão e Tecnologia da Informação (LAGENTI) é um grupo de pesquisa, certificado pela UFCA, criado em 2014 sob a liderança do Prof. David Vernon Vieira, que desenvolve estudos sobre o uso das tecnologias da informação e o avanço do acesso à internet por meio de dispositivos móveis (celulares, smartphones, laptops e tablets) que possibilita aos usuários destes aparelhos o compartilhamento de informações e experiências multimidiáticas.  Está alicerçado em quatro linhas de pesquisa, que são: a) Biblioteca e informação digital; b) Gestão de bibliotecas universitárias; c) Gestão empresarial; e d) Impacto da tecnologia da informação: bibliotecas e sociedade. O grupo conta com pesquisadores docentes, discentes de graduação e pósgraduação e corpo técnico.  
 
2.3.1.5Grupo MAPA: Memória, Acervos e Patrimônio  
O Grupo de Pesquisa: Memória, Acervos e Patrimônios, coma liderança da ProfªAriluciGoes Elliott e vice-liderança da ProfªGracyKelli Martins, foi criado em 2015 e é certificado pela UFCA. Tem uma linha de pesquisa: memória e história, e conta com docentes do CCSA e IESA, discentes de graduação e pós-graduação e técnico.  
 
2.3.1.6Laboratório de Ciência da Informação e Memória - LACIM  
O Laboratório de Ciência da Informação e Memória (LACIM) é um espaço de pesquisa que conta com um acervo de mais de 2.000 itens que tratam da cultura regional, conta com jornais, revistas, cordéis, livros e obras.  É coordenado pela ProfªAriluciGoes Elliot e trabalha com a organização e o tratamento da informação, além de higienização do acervo e oficinas. É tema de vários artigos de periódicos e de eventos e de trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Graduação em Biblioteconomia.
 
 
 
O Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia (PPGB), na modalidade de Mestrado Profissional, da UFCA, foi aprovado pela Resolução Nº 22/2014, de 29 de junho de 2014, do Conselho Superior Pró-Tempore - CONSUP/UFCA, após haver sido aprovado nas demais instâncias acadêmicas: CCSA e Câmara de Ensino da UFCA. Foi aprovado pela CAPES, em 16 de dezembro de 2015, e sua primeira turma iniciou em março de 2016 com 15 alunos.  
Está abrigado na área de concentração: ‘Biblioteconomia na Sociedade Contemporânea’ buscando concentrar seus estudos nos aspectos históricos, filosóficos, teóricos e práticos que sustentam o desenvolvimento da Biblioteconomia enquanto campo de investigação técnico-científico e de aplicação de conhecimentos no âmbito social. E na investigação de questões referentes às práticas e processos diversos de produção, representação, acesso, mediação, uso e apropriação da informação, bem como aspectos relacionados à formação da identidade social, a diversidade cultural e a preservação da memória social na contemporaneidade. Abordando também as perspectivas da Biblioteconomia no contexto das práticas pedagógicas, técnicas, científicas e humanas em ambientes de informação, considerando aspectos gerenciais e tecnológicos para o desenvolvimento de processos, serviços, produtos e atividades voltadas ao protagonismo social.
Tem duas linhas de pesquisa, são elas:
a) Informação, Cultura e Memória: que concentra estudos voltados à articulação das práticas informacionais no âmbito das perspectivas culturais e da preservação da memória; estudos que articulem a organização e representação da informação, como também as linguagens documentárias à diversidade cultural; práticas documentárias gerais e especializadas em ambientes de informação físicos e virtuais; estudos e práticas sobre cultura popular, regional e políticas/ações culturais em ambientes de informação; e 
estudos sobre memória institucional, individual e coletiva uso e apropriação da informação para constituição e preservação da memória social.
b) Produção, Comunicação e uso da Informação: que aborda as dinâmicas da informação nos contextos social, gerencial, tecnológico, histórico, filosófico e epistemológico; os estudos de mediação dos ambientes de informação nos processos de comunicação científica, incluindo estudos métricos de informação; e o desenvolvimento de competências em informação e de práticas sócio-técnicas de mediação da informação e da leitura, considerando aspectos gerenciais e tecnológicos no desenvolvimento de processos, serviços, produtos e atividades para o uso e apropriação da informação.  
 
O PPGB tem como objetivo principal a formação de docentes, pesquisadores e profissionais de alto nível, para a pesquisa, o magistério e a atuação profissional no campo de Biblioteconomia, qualificados para solucionar problemas relacionados à produção de conhecimentos no âmbito da gestão e organização para promoção de acesso, uso e apropriação da informação dos usuários de centros de informação, em especial, bibliotecas, através de atividades de ciência e tecnologia que visem à formação profissional lógico-estratégica cumprindo um papel social pragmático de servir a sociedade no âmbito da informação, em seus diversos suportes documentais, tanto nos aspectos físicos, quanto digitais. O PPGB tem a coordenação do Prof. Jonathas Luiz Carvalho Silva e vicecoordenação da Profª Maria Cleide Rodrigues Bernardino.  
 
 
 
O Curso de Especialização em Inovação Social em Economia Solidária tem como objetivo geral “formar profissionais para conceber, planejar, implementar e gerir programas de apoio à empreendimentos da economia solidária”. O curso tem como previsão de duração 18 meses (três semestres), com carga-horária de 400 horas, distribuída em aulas práticas (136 horas) e teóricas (264 horas). O público alvo do curso são atores sociais inseridos no contexto da economia solidária a partir das suas práticas nos mais diversos âmbitos (atores do movimento da economia solidária, gestores públicos nas mais diversas esferas) e que tenham comprovadamente concluído curso de graduação em instituição formalmente reconhecida.  O curso é ministrado às sextas-feiras de 18:00h às 22:00h, aos sábados de 8:00h às 12:00h e de 13:00h às 17:00h, e aos domingos 8:00h às 12:00h, uma vez por mês ou quinzenalmente.
A coordenação do curso está sob a responsabilidade do Prof. Jeová Torres Silva Júnior e a vice coordenação do Prof. Eduardo Vivian da Cunha.  
 
 

O curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão em Ambientes de Informação (GAI), parte do princípio que existe na região do Cariri cearense um nicho de mercado promissor em informação, voltado principalmente à religião, à cultura e ao empreendedorismo. Considerando esta peculiaridade da região em questão, o curso foi planejado de forma que atendesse as necessidades de profissionais de diversas áreas, desde os profissionais do campo da Ciência da Informação, até os profissionais de Administração, Contabilidade, Educação, História e Comunicação, bem como áreas afins, que tenham interesse em compreender como se dá a construção do conhecimento a partir do uso estratégico da informação. O objetivo é dar suporte aos profissionais que ao final do curso devem estar aptos a utilizar seu capital intelectual (conhecimento) em prol das organizações da qual façam parte, uma vez que todo capital, deve ser administrado de maneira correta. 
Neste sentido, a Gestão da Informação, ganha uma grande importância na região do Cariri, por compreender o apoio à administração através do uso adequado das tecnologias da informação, possibilitando rapidez e precisão no tratamento do conhecimento organizacional. O curso de Especialização em Gestão em Ambientes de Informação é desenvolvido através de aulas expositivas, exercícios práticos, leituras e estudo em grupo a partir da utilização de recursos audiovisuais, troca experiências e partilhamento de saberes. As aulas privilegiam métodos de ensino-aprendizagem ativos, com a participação dos alunos nas aulas e atividades, favorecendo-se o debate, a troca de experiências e a relação teoria-prática.
Foi planejado contemplando quatro eixos, que abrigam seus componentes curriculares:
a) Fundamentos Teóricos da Informação: disciplinas: Fundamentos teóricos da informação; Metodologia do trabalho científico e Seminário Temático I;
b) Tecnologias da Informação: disciplinas: Tópicos avançados em tecnologia da informação; Gestão eletrônica de documentos; Princípios de tecnologia da informação; e Seminário Temático II;
c) Políticas culturais de informação: disciplinas: Elaboração de projetos culturais; Políticas culturais de informação; e Seminário Temático III;
d) Gestão de Informação e do Conhecimento: disciplinas: Gestão da informação e do Conhecimento e inteligência competitiva; Estudo de mercado informacional; Empreendedorismo e liderança em ambientes de informação; Memória organizacional: aspectos técnicos e práticos da organização de documentos; Fundamentos de marketing para organizações; Gestão de pessoas em ambientes de informação; Análise e representação da informação; e Seminário Temático IV.
 
O curso é ofertado gratuitamente para profissionais que atuem com informação em diversos âmbitos, com foco na gestão da informação, tecnologia, representação e recuperação da informação. Aborda temáticas de importância social, política, cultural e econômica relacionadas à práxis do uso da informação. As aulas ocorrem de 15 em 15 dias, numa sexta-feira à noite das 18:00h às 22:00h e aos sábados das 8:00h às 17:00h. Com corpo docente de doutores e mestres 
nas áreas de Administração, Biblioteconomia e Música, o curso está em sua primeira turma (iniciada em 2016) e tem duração de 18 meses. Foi ofertada 30 vagas para esta turma.
O GAI tem a coordenação do Prof. Denysson Axel Ribeiro Mota e vicecoordenação do Prof. Jonathas Luiz Carvalho Silva.