Início do Conteúdo

15 estudantes do campus Icó da Universidade Federal do Cariri (UFCA) - onde funciona o Instituto de Estudos do Semiárido (Iesa/UFCA), responsável pelo curso de História - colaram grau na noite da última sexta-feira (22). A cerimônia ocorreu no Teatro da Ribeira dos Icós, no bairro Tamarinas. O curso de História da UFCA já não recebe novos estudantes e está em processo de encerramento.   Durante a cerimônia, participaram da mesa de colação de grau o Reitor da UFCA, Ricardo Ness, o Vice-Reitor e Pró-Reitor de Planejamento, Juscelino Pereira, a Pró-Reitora de Extensão, Fabiana Lazzarin, a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Laura Hévila e a Pró-Reitora de Assuntos estudantis, Ledjane Sobrinho. A Pró-Reitoria de Graduação foi representada pelo seu Pró-Reitor Adjunto, Rodolfo Jakov.    Também compuseram a mesa o Diretor do Instituto de Estudos do Semiárido (Iesa/UFCA), Rodrigo Capistrano, a Coordenadora do Curso de História - Bacharelado, Polliana de Luna Barreto, o orador docente do Curso de História, Jucieldo Ferreira Alexandre, e os professores Ives Tavares, Antônio José, Jaqueline Dourado e João Adolfo. O Vice-Prefeito de Icó, Quilon Peixoto Farias, também prestigiou o evento.    Discursos   A oradora discente da noite foi a formanda Laiany Henrique Félix. Laiany recordou a trajetória acadêmica dos formandos até a cerimônia: "Há mais ou menos quatro anos e meio, alguns de nós estávamos iniciando esta jornada. Outros, um semestre depois, também embarcaram neste enorme oceano de oportunidades, cada um carregando dentro de si suas expectativas, desejos, crenças, estilos e gostos. Todos diferentes entre si, mas com um único objetivo: chegar até o dia de hoje. O sentimento é de gratidão, de amor e de dever cumprido", disse.    Representando os professores, o orador docente Jucieldo Ferreira destacou a dificuldade de ingresso no ensino superior para a maioria dos brasileiros: "Mesmo com o avanço considerável das matrículas nas instituições públicas e privadas de ensino, a minoria dos que terminam o ensino médio ingressa nos cursos de graduação. Infelizmente, as políticas públicas no país estão longe de garantir 'universidade para todos'", afirmou.    Após a fala de Jucieldo, a formanda Maria Lucineide Ribeiro ditou aos colegas o juramento padrão, para que os concluintes recebessem o grau de bacharel em História.   Finalizando a cerimônia, o Reitor Ricardo Ness destacou o número de estudantes já formados pela UFCA desde a sua autonomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), em 2013: "Atingimos, nestes quase 6 anos de existência, 1.655 alunos formados. Todos nós da UFCA, nesta noite que deve ser de festa, compartilhamos com vocês formandas e formandos - e com os seus estimados pais - sentimentos de grande júbilo, aos quais se acrescentam os de orgulho e de dever cumprido", disse.    Acesse as fotos do evento.   Colações de Grau   A formatura em Icó encerra as cerimônias de colação de grau da UFCA neste primeiro semestre de 2019. O ciclo de colações deste ano iniciou em Brejo Santo, no último dia 8, quando se formaram 25 estudantes: 22 do primeiro ciclo da Licenciatura Interdisciplinar de Ciências Naturais e Matemática (LICN) e os demais, do segundo ciclo da LICN, em Biologia. Na sequência, houve duas cerimônias no campus Juazeiro do Norte, nas quais colaram grau 114 formandos - de cursos do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT), do Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB), do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Artes (Iisca) e do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA). Com os 15 formandos de Icó e também considerando as colações de grau especiais, a UFCA entregou à sociedade, neste semestre, 245 novos profissionais.   Serviço Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFCA) Sala 205, Bloco I - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9263 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.              
Sexta, 22 Março 2019 15:38

Inaugurada reforma do campus Brejo Santo

Escrito por
A reforma do campus Brejo Santo da Universidade Federal do Cariri (UFCA), que abriga o Instituto de Formação de Educadores (IFE/UFCA), foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (22). Desde a sua fundação, em 2014, o IFE - que forma professores nas áreas de Matemática, Física, Química e Biologia - funcionava na antiga sede da tradicional Escola Balbina Viana Arrais, que não tinha estrutura adequada a uma universidade. As obras de reforma e de ampliação começaram em novembro de 2017 e, até o retorno ao antigo campus, as aulas do IFE vinham ocorrendo no Liceu Professor José Teles de Carvalho. A inauguração contou com a presença do Reitor da UFCA, Ricardo Ness; do Pró-Reitor de Graduação (Prograd/UFCA), Plácido Andrade; do Diretor do IFE/UFCA, Rodrigo Lacerda e do Diretor de Infraestrutura (Dinfra/UFCA), André Freitas. Externos à universidade, prestigiaram o evento a Prefeita de Brejo Santo, Teresa Landim, o Deputado Federal André Figueiredo, o Deputado Estadual Guilherme Landim e também o Diretor Faculdade de Tecnologia Centec no Cariri (Fatec Cariri), Emerson Lacerda – que representou a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará (Secitece). Antes dos discursos, o professor Rodrigo apresentou as novas instalações do IFE às autoridades presentes.   “Esse campus é uma conquista de uma comunidade que acredita que a educação pode mudar as pessoas” O Diretor do IFE destacou que as obras no campus Brejo Santo foram resultado de esforços coletivos: “A gente só conseguiu chegar a esse momento porque firmamos parcerias com as esferas municipal, estadual e federal. E assim, de mãos dadas, a gente está conseguindo fortalecer a educação no Cariri, que já representa 11% da população cearense”, afirmou. Na sequência, a Prefeita de Brejo Santo comentou sobre a importância da obra para o município: “Fico a imaginar quantas pessoas, de quantas gerações, poderão ser beneficiadas com esse investimento educacional. É realmente algo extraordinário para uma cidade do porte de Brejo Santo”, disse. André Figueiredo, que já foi Ministro das Comunicações entre 2015 e 2016, falou sobre a necessidade de investimentos na educação: “Esse campus é uma conquista de uma comunidade que acredita que a educação pode mudar as pessoas. E com certeza essas pessoas transformarão o mundo”, acredita. Guilherme Landim, por sua vez, disse que a inauguração da reforma era - para ele e para a comunidade local - um momento de muita alegria: “É sem dúvida a realização de um sonho. Com um centro de formação de educadores aqui em Brejo Santo, poderemos mandar, para o Brasil inteiro, educadores de excelência”.   "Brejo Santo só tem a comemorar" O professor Emerson Lacerda, em nome da Secitece, exaltou a vocação educadora de Brejo Santo: “Vocês têm aqui uma cidade que é referência em educação para as demais cidades do estado, que por sua vez é referência nacional na educação. Agora vocês têm dentro da cidade uma formação superior de excelência. Brejo Santo hoje só tem a comemorar”, disse. Representando o corpo técnico que se dedicou à reforma, André Freitas fez agradecimentos à equipe de pedreiros, serventes, arquitetos e engenheiros que a tornaram possível: “Essa foi a primeira obra planejada por uma equipe da UFCA, em parte composta por ex-alunos da universidade. Fizemos uma obra bem enxuta e bem responsável com o dinheiro público ", afirmou.  Encerrando os pronunciamentos, o Reitor Ricardo Ness lembrou a ainda curta trajetória da UFCA, que se desmembrou da Universidade Federal do Ceará (UFC) em 2013: “Eu - não apenas como gestor, mas também como professor - tenho os sentimentos de alegria, de gratidão e de dever cumprido por estar fazendo essa entrega. [Nós da UFCA] somos ainda um 'bebê', vamos completar 6 anos de autonomia em junho, e com certeza temos muito mais a entregar para a sociedade”, concluiu.   Acesse as fotos da inauguração da reforma do campus Brejo Santo.   Obras de ampliação continuam Segundo a Dinfra/UFCA, a reforma e também a ampliação do prédio foram orçadas em R$ 3.679.914,11. Somado ao valor dos equipamentos adquiridos para o campus – como computadores e maquinário para os novos laboratórios – esse montante gira em torno de R$ 5 milhões. Após a inauguração da reforma, as obras de ampliação do campus continuam, com entrega prevista para até agosto deste ano.   Serviço Instituto de Formação de Educadores (IFE/UFCA) Rua Olegário Emídio de Araújo, s/n - Aldeota, Brejo Santo (88) 3221.9590 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
A comunidade acadêmica poderá sugerir propostas que contribuiam com a inserção de ações de extensão nos currículos dos cursos de graduação da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Segundo a Pró-Reitoria de Extensão (Proex/UFCA), as sugestões serão feitas por meio do preenchimento de um formulário, disponível na plataforma Forms até o próximo dia 4 de abril. As propostas aprovadas vão compor uma minuta, que vai estabelecer os procedimentos pedagógicos e administrativos para que os cursos de graduação efetivem a presença da extensão nos seus respectivos currículos.   A medida é uma iniciativa da Coordenadoria de Políticas Extensionistas (Cpex-Proex/UFCA) para cumprir as determinações de documentos nacionais que discorrem sobre políticas para a educação, como o Plano Nacional de Educação (2014-2024), a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - LEI 9.394/96), as Diretrizes Curriculares Nacionais para o ensino superior e o Plano Nacional de Extensão (PNE). Este último exige que 10% da carga horária total da matriz curricular dos cursos de graduação correspondam a ações de extensão (PNE, Meta 12.7).   Conforne a Cpex-Proex/UFCA, a participação da comunidade acadêmica da UFCA na composição da minuta de extensão será importante para atender as especificidades de cada um dos cursos de graduação. O documento, atualmente em construção, será concluído após as considerações da comunidade.   Serviço   Pró-Reitoria de Extensão (Proex/UFCA) Coordenadoria de Políticas Extensionistas (Cpex-Proex/UFCA) Bloco I, sala 202 – campus Juazeiro do Norte Telefone: (88) 3221-9287 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
A Secretaria de Cooperação Internacional (SCI) da Universidade Federal do Cariri (UFCA) abriu hoje as inscrições para estudantes da UFCA interessados em realizar intercâmbio na Universidade do Algarve (UAIg), em Portugal.   Para concorrer a uma das duas vagas ofertadas, é necessário ter concluído mais de 25% e menos de 85% do currículo do curso, ter cursado no mínimo dois semestres, não apresentar no histórico mais de 12 reprovações, ter MC igual ou maior que 7, possuir recursos necessários para se manter durante o intercâmbio, além de ter a candidatura aprovada pelo coordenador do curso.   A duração do intercâmbio é de um semestre na UAIg, de setembro de 2019 a janeiro de 2020. Podem se inscrever os estudantes dos cursos da UFCA que possuem cursos correspondentes na UAlg: Engenharia Civil, Engenharia de Materiais, Biblioteconomia, Jornalismo, Design, História, Interdisciplinar de Ciências Naturais, Medicina e Agronomia.   As inscrições podem ser realizadas a partir desta quarta (20/03) pela plataforma FORMS UFCA, e vão até o próximo dia 03 de abril.   Acesse o Edital SCI no 03/2019.    Serviço Secretaria de Cooperação Internacional (SCI) Sala i402 Bloco i Campus Juazeiro do Norte Universidade Federal do Cariri (UFCA) Telefone: +55 88 3221-9455 http://internacional.ufca.edu.br
O Comitê de Enfrentamento ao Aedes Aegypti da Universidade Federal do Cariri (UFCA), realiza, na próxima quinta-feira, dia 21/03, às 09 horas da manhã, no Auditório Beata Maria de Araújo, campus Juazeiro do Norte da UFCA, palestra sobre os riscos de doenças provocadas pelo Aedes Aegypti. A palestra será ministrada pela  professora convidada Ana Karla Cruz de Lima Sales, enfermeira e preceptora do curso de enfermagem do Centro Universitário Dr. Leão Sampaio.    Criado para promover o combate ao Aedes Aegypti em virtude de portaria do Ministério do Planejamento que determina a necessidade de realização de ações de combate à proliferação do mosquito em todos os órgãos públicos federais do País, o Comitê da UFCA irá realizar, até o mês de junho deste ano, uma série de ações de conscientização e práticas educativas.    De acordo com a servidora Francilda Alcantara, membro do Comitê, a UFCA está cumprindo sua missão institucional de promoção da inclusão social e do desenvolvimento regional sustentável. "Desejamos disseminar informações e práticas educativas capazes de sensibilizar a comunidade acadêmica e externa quanto aos riscos de doenças provocadas pelo mosquito, contribuindo assim para a erradicação de sua proliferação e promoção de uma melhor qualidade de vida no Cariri Cearense", afirma.   A atividade é gratuita e aberta a todos os públicos.     Serviço   Comitê de Enfrentamento ao Aedes Aegypti da UFCA Palestra sobre os riscos de doenças provocadas pelo Aedes Aegypti na UFCA Data: 21/03/2019 Local: Auditório Beata Maria de Araújo - UFCA, Juazeiro do Norte      
39 formandos da Universidade Federal do Cariri (UFCA) participaram da segunda cerimônia de colação de grau de 2019 no campus Juazeiro do Norte, realizada na noite desta sexta-feira (15). Os novos profissionais vieram dos cursos de Agronomia (21 concluintes), de Engenharia Civil (14 concluintes) e de Engenharia de Materiais (4 concluintes). Ontem (14), colaram grau egressos dos cursos de Administração, Administração Pública, Biblioteconomia, Design de Produto (Habilitação em Calçados e em Joias), Filosofia (Bacharelado e Licenciatura), Jornalismo e Música.   Compuseram a mesa cerimonial o Reitor da UFCA, Ricardo Ness; o Vice-Reitor e Pró-Reitor de Planejamento, Juscelino Pereira, os titulares de outras 5 Pró-Reitorias - Plácido Andrade (Graduação), Fabiana Lazzarin (Extensão), Laura Hévila (Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação), Ledjane Sobrinho (Assuntos Estudantis) e Robson de Almeira (Cultura) -, os coordenadores dos cursos dos formandos - Felipe Thomaz da Camara (Agronomia), Maria Silvana Alcântara Costa (Engenharia Civil) e Laédna Souto Neiva (Engenharia de Materiais) - e também os diretores dos centros acadêmicos responsáveis pelos cursos: o Diretor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT/UFCA), Ary Ferreira da Silva, e o  Vice-Diretor do Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB/UFCA), José Valmir Feitosa.    Acesse a galeria de imagens do evento.     Discursos A oradora discente da noite, Cícera Allane Rodrigues, é egressa do curso de Agronomia. Em sua fala, Allane refletiu sobre finais: "Hoje dizemos adeus a tudo que é familiar, a tudo que é confortável. Estamos seguindo em frente. Porém, mesmo ao estarmos partindo - e isso doi -, há pessoas que fazem tanta parte de nós que estarão conosco não importa o que houver. Elas são o nosso chão, a nossa estrela, e as vozes dos nossos corações estarão conosco para sempre", declarou.   Já o corpo docente foi representado pela professora Maria Silvana Alcântara. A professora do curso de Engenharia Civil destacou o papel da família na educação, afirmando que nossos pais foram nossos "primeiros professores": "Com eles, aprendemos as primeiras palavras, a dar os primeiros passos, a andar de bicicleta. Com eles, aprendemos o que é respeito e o que é honestidade: a respeitar pessoas independente da cor, da religião ou do gênero, a respeitar pessoas com necessidades educacionais [especiais] ou com deficiência física, a respeitar os mais velhos", disse.   Os formandos elegeram dois colaboradores terceirizados para o momento de homenagens. O CCAB/UFCA indicou o colaborador Iraucílio Aureliano, o Garotinho, que atua na limpeza do campus Crato. Já o CCT/UFCA indicou o terceirizado Tácito Lima, auxiliar administrativo do curso de Engenharia de Materiais.   Antes da outorga de grau pelo Reitor, os concluintes proferiram o juramento padrão. A juramentista da noite foi a formanda Lara Maria Macêdo, do curso de Engenharia de Materiais.   Ao fim da cerimônia, o Reitor, Ricardo Ness, a exemplo da professora Silvana Alcântara, comentou sobre a importância do ensino para a sociedade: "Em um evento alusivo ao dia do professor, no Instituto Federal de Juazeiro do Norte, fiz a seguinte pergunta, dirigindo-me aos professores presentes: 'mas afinal, o que faz um professor?' E a resposta: 'na pior das hipóteses, toda a diferença!' Tratava-se de uma charge que circulava na internet. Mas agora dirijo-me a vocês e estendo o fazer a diferença a cada um e a cada uma que aqui estão. Continuemos incansáveis nesse momento de futuro incerto. Mais do que nunca, resistentes, fazendo sempre toda a diferença, para que nossos jovens ergam livros e não armas", afirmou.   Colações de Grau 2019.1 A colação de grau desta sexta-feira encerra as cerimônias do primeiro semestre de 2019 em Juazeiro do Norte. O ciclo de colações de grau começou em Brejo santo, no último dia 8, na qual se formaram 25 estudantes. Em Icó, 15 estudantes de História colarão grau no próximo dia 22. Ao todo, 154 egressos da UFCA devem colar grau nessas cerimônias.     Serviço Campus Juazeiro do Norte – UFCA Avenida Tenente Raimundo Rocha, 1639, Cidade Universitária, Juazeiro do Norte-CE (88) 3221.9200    
Foi prorrogado o prazo para a retirada, pelos estudantes recém-ingressos, de cartões do Refeitório Universitário da Universidade Federal do Cariri. Antes, o prazo de retirada se encerraria nesta sexta-feira (15). Agora, os estudantes recém-ingressos na instituição que ainda não adquiriram os cartões poderão retirá-los entre os dias 20 e 22 de março, nos seguintes locais e horários:    Barbalha Guichê de venda de recargas do RU Dias 20, 21 e 22 de março: das 8 às 11h   Crato Secretaria do curso de Agronomia Dias 20, 21 e 22 de março: das 8 às 11h   Juazeiro do Norte Sala de estudos da Biblioteca  Dias 20 e 21 de março: das 9h às 13h30 e das 15h às 19h Dia 22 de março: das 9h às 13h e das 14h às 17h     Uma vez adquiridos, os cartões do RU são válidos até o término do vínculo estudantil do usuário discente com a UFCA. Dessa forma, estudantes veteranos continuarão acessando normalmente os RUs da UFCA com seus cartões adquiridos em entregas anteriores, sem a necessidade de uma nova retirada.   O valor da refeição é de R$ 3,00 para alunos de graduação. Especificamente para estudantes em comprovada situação de vulnerabilidade socioeconômica e também para os que concluíram o ensino médio integralmente em escola pública, a refeição no RU custa menos: R$ 2,00.   Serviço Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae/UFCA) Sala 201, Bloco I – campus Juazeiro do Norte (88) 3221-9366 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
Prestadores de serviços terceirizados que exercem atividades nas áreas comuns do campus Juazeiro do Norte da Universidade Federal do Cariri (UFCA) participaram de encontro para prevenção do abandono de animais. A prática é um crime ambiental previsto pela Lei 9.605/98, que determina de três meses a 1 ano de detenção a quem praticar abuso ou maus-tratos contra animais. Apesar disso, o abandono é recorrente e, em Juazeiro do Norte, o campus da UFCA vem sendo utilizado para o delito. O encontro com os colaboradores terceirizados veio após o registro de uma manifestação sobre abandono de animais junto à Ouvidoria Geral da UFCA. O evento teve participação ativa do projeto de extensão UFCão - que leva a estudantes do ensino médio de escolas públicas palestras sobre a causa animal. O evento ocorreu no fim de fevereiro passado, com o objetivo de que os profissionais terceirizados da UFCA colaborem com a prevenção ao abandono dentro do campus, comunicando ocorrências do tipo aos órgãos competentes.   UFCA não é lar temporário para animais abandonados Na ocasião, foram abordadas legislações sobre a proteção aos animais nas esferas nacional e local. Além disso, os presentes tiveram instruções sobre como proceder ao flagrar crimes de maus-tratos. O momento foi conduzido pela estudante de Administração da UFCA, Fernanda Bastos, que é voluntária do UFCão. Fernanda destacou pontos importantes sobre o escopo de atuação do projeto, como o fato de que o UFCão não oferece lar temporário nas dependências do campus e também não realiza resgates. Segundo a voluntária, o papel do UFCão é dar condições mínimas de saúde, higiene e de alimentação aos cães que chegam até o campus, independente da forma como chegaram. De acordo com Fernanda, o trabalho de castração desses cães já evitou o nascimento de 150 filhotes, em média. O encontro com os terceirizados da UFCA contou ainda com a presença da vereadora do município de Juazeiro do Norte, Jacqueline Gouveia, e da integrante da Associação Protetora dos Animais Carentes (Apac Cariri), Mariângela Bandeira. Segundo Mariângela, são crimes de maus-tratos: envenenar animais, agredir animais, manter animais presos por muito tempo sem comida ou sem contato com seus responsáveis; deixar animais em lugar impróprio e anti-higiênico ou abandonar animais, sendo este último o mais recorrente entre os citados.   Caso presencie algum crime de maus-tratos aos animais, ligue 190 e denuncie.   Serviço Ouvidoria Geral - UFCA (88) 3221.9485 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
A primeira noite de colação de grau com cerimônia de 2019 no campus Juazeiro do Norte reuniu 75 formandos da Universidade Federal do Cariri (UFCA) nesta quinta-feira (14). Ao todo, foram 5 concluintes de Administração, 10 de Administração Pública, 10 de Biblioteconomia, 6 de Design de Produto - Habilitação em Calçados; 9 de Design de Produto - Habilitação em Joias, 7 de Filosofia - Bacharelado, 4 de Filosofia - Licenciatura, 1 de História - Bacharelado, 17 de Jornalismo e 6 de Música. A ata de colação de grau trazia 76 nomes, mas uma concludente de Jornalismo apta a colar grau não compareceu.     "Marielle Presente" Antes do início da cerimônia, integrantes do Movimento Estudantil lembraram a data de morte da vereadora carioca Marielle Franco, assassinada a tiros em 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro. Após entoar palavras de ordem no auditório Beata Maria de Araújo, o grupo foi aplaudido pela plateia que aguardava o início da cerimônia. Com auditório lotado, a colação de grau começou às 20h. Concludentes e oradores também lembraram Marielle ao longo do evento.   Mesa de Colação de Grau A mesa cerimonial foi composta pelo Reitor da UFCA, Ricardo Ness; pelo Vice-Reitor e também Pró-Reitor de Planejamento, Juscelino Pereira; pelos titulares de outras 4 Pró-Reitorias - Fabiana Lazzarin (Extensão), Laura Hévila (Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação), Ledjane Sobrinho (Assuntos Estudantis) e Robson de Almeira (Cultura) -, pelo Pró-Reitor Adjunto de Graduação, Rodolfo Jakov, e pelos coordenadores dos cursos dos formandos: Rafael Pazeto (Administração); Wendel de Freitas (Administração Pública); Deise Santos (Biblioteconomia); Manoel Xenofonte (Design de Produto); Valdetônio Alencar (Filosofia - Bacharelado); Fernando Sepe Gimbo (Filosofia – Licenciatura) e Diógenes de Luna (Jornalismo). O curso de Música foi representado pelo Vice-Coordenador do curso, Antonio Chagas Neto. Além dos coordenadores, também compuseram a mesa os diretores dos centros e dos institutos responsáveis pelas formações: a Diretora do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA/UFCA), Maria Cleide Rodrigues Bernardino; o Diretor em exercício do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Artes (Iisca/UFCA), Nilo César Batista, e o Diretor do Instituto de Estudos do Semiárido (Iesa/UFCA), Rodrigo Capistrano.   "Lembro como se fosse hoje o meu primeiro ano de faculdade" Os dois oradores da noite vieram do curso de Jornalismo, que teve o maior número de formandos da cerimônia. O professor Ricardo Salmito foi o orador docente e a formanda Lícia Maia, a oradora discente. Lícia emocionou muitos dos presentes ao destacar as dificuldades financeiras e acadêmicas por que passam muitos dos estudantes da UFCA (80% deles com renda familiar per capta abaixo de R$ 800,00) : “Lembro como se fosse hoje o meu primeiro ano de faculdade. Morava com mais três [pessoas] em um apartamento pequenininho, lá no Crato. Sobrou um mês no fim do dinheiro, e a primeira pessoa por quem a gente grita: 'mãe!' (...) Ela me disse: 'minha filha, eu não tenho dinheiro, mas vou lhe mandar uma feira'. Foi na bodega ao lado de casa e comprou fiado feijão, arroz, cuscuz, leite, farinha e macarrão. E mandou depressa na topic que faz rota entre a minha cidade, Iguatu, e o Cariri”, recordou.     "Cada uma e cada um se vão na medida do tempo, e aqui permaneço ficando na saudade" Já o professor Salmito citou o linguista alemão Wilhelm von Humboldt, cujo modelo de universidade se difundiu pela Europa: "Para Humboldt, duas tarefas estão postas para a universidade: o desenvolvimento máximo da ciência e a produção de conteúdo responsável pela formação intelectual e moral. Ou seja, a universidade deve combinar ciência e formação subjetiva”, disse. Salmito destacou ainda um sentimento antagônico provocado pela formatura: "É uma sensação boa e ao mesmo tempo estranha. Boa, pela ultrapassagem de uma etapa tão importante, e ao mesmo tempo estranha, por uma sensação de separação da convivência. Daqui em diante, cada uma e cada um se vão na medida do tempo, e aqui permaneço ficando na saudade. No fundo vou embora com vocês, e ao mesmo tempo fico, com a intenção de defender a educação, a liberdade de pensamento, a experimentação, a permanência da universidade, a manifestação da pluralidade dos afetos e a vida compartilhada. Parabéns a todas e todos que completam esse trajeto acadêmico".   "Belezinha" homenageado Seguindo o protocolo de homenagem a algum servidor técnico-administrativo ou a algum colaborador terceirizado, o conjunto de formandos da noite homenageou o colaborador Carlos Alberto Jaguaribe, o Belezinha, que trabalha no Refeitório Universitário do campus Juazeiro do Norte. O colaborador terceirizado foi aplaudido de pé pelos presentes. Antes de receberem o grau de suas respectivas formações pelo Reitor, os formandos fizeram o juramento padrão, conduzido pela formanda em Biblioteconomia, Aliciane Karina Alencar.   Pesar pelo Massacre de Suzano Após a colação de grau, o Reitor, Ricardo Ness, parabenizou os recém-formados profissionais: “Compartilhamos com vocês, formandos e formandas, e com seus estimados pais, sentimentos de alegria, que se somam aos de orgulho e aos de dever cumprido. Cada um e cada uma dos que fazem a Universidade Federal do Cariri dedicaram a vocês um criterioso trabalho para vê-los qualificados para, a partir de hoje, assumir um compromisso com a profissão que escolheram. Se de um lado a universidade cumpriu o seu papel, de outro, com seus estudos e demais atividades acadêmicas, foram vocês que conquistaram a chegada a esse tão almejado momento”, afirmou. Ricardo Ness finalizou seu discurso externando pesar às famílias das vítimas do massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no município de Suzano, em São Paulo.    Colações de Grau 2019.1 A colação de grau desta quinta-feira foi a segunda deste ano com cerimônia. A primeira foi a do campus Brejo Santo, no último dia 8, na qual se formaram 25 estudantes. Amanhã (15), haverá nova colação de grau no campus Juazeiro do Norte, com 39 concluintes dos cursos de Agronomia, de Engenharia de Materiais e de Engenharia Civil. Em Icó, colarão grau 15 estudantes de História, em cerimônia marcada para o próximo dia 22.   Acesse as fotos do evento.    Serviço Campus Juazeiro do Norte – UFCA Avenida Tenente Raimundo Rocha, 1639, Cidade Universitária, Juazeiro do Norte-CE (88) 3221.9200      
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) informa que já está disponível, na plataforma forms, o formulário para solicitação de subsídio do Refeitório Universitário pelo critério renda. Os estudantes que possuem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e que desejam ter acesso ao almoço/jantar pelo preço de R$ 2,00 devem realizar a inscrição na plataforma forms e entregar o questionário socioeconômico e a documentação solicitada na PRAE ou na SEDOP do respectivo campus. Acesse os arquivos na aba do Refeitório Universitário.  Para mais informações entre em contato com a  Coordenadoria do Refeitório Universitário pelo e-mail   \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  ou telefone (88) 3221 9363. 
«IniciarAnt3456789101112PróxFim»
Pagina 8 de 268