Início do Conteúdo

Professores e profissionais que atuam na área de acessibilidade relataram suas experiências no evento "Acessibilidade na Prática", realizado nesta segunda-feira, no campus Juazeiro do Norte da Universidade Federal do Cariri (UFCA), em alusão ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro. A programação foi organizada pela Secretaria de Acessibilidade (Seace/UFCA), em parceria com o curso de Letras-Libras da UFCA, atualmente em implantação. Pela manhã, o professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Rodrigo Nogueira Machado, proferiu a palestra "Relato de experiência no departamento de Letras Libras da UFC". Na sequência, foi a vez da intérprete de Libras, Graziele Gomes, ministrar a palestra "Relato de experiência enquanto tradutora intérprete no Letras-Libras da UFC".   À tarde, a fala da pedagoga Adenize Queiroz, professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), focou a acessibilidade no ensino superior. Para Adenize, que é cega e ingressou no ensino superior em 1996, houve avanços na superação de barreiras arquitetônicas, mas o maior desafio a superar é o chamado capacitismo, que inferioriza as pessoas com deficiência: "A universidade hoje é bem mais inclusiva do que foi no passado, mas nós temos que nos organizar também contra as barreiras das atitudes. Podemos ter as estruturas físicas mais acessíveis do mundo, mas se as pessoas não forem acessíveis, não vamos a lugar nenhum. É preciso que parem de ter pena das pessoas com deficiência, que acreditem no potencial dessas pessoas e, principalmente, que não ajam (pela inclusão) 'por' elas, mas 'com' elas, porque nós, pessoas com deficiência, fazemos a nossa parte. Não esperamos mais os nossos pais ou os nossos professores (para reivindicar direitos)". Fechando a programação, uma mesa redonda formada por servidores e estudantes da UFCA dissertou sobre acessibilidade. Uma das participantes da mesa, a estudante da Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Naturais e Matemática, Maria Darlane Pereira, cega, relatou suas principais dificuldades no curso ministrado em Brejo Santo: "Passei meses só para aprender o nome do curso, mas a principal dificuldade ainda é ter acesso ao que os professores escrevem no quadro durante as aulas. No mais, estou gostando do curso", relatou. Também participaram da mesa a arquiteta da Diretoria de Infraestrutura (Dinfra/UFCA), Igliane Telles, a estudante de Biblioteconomia Maria Furtado de Sousa (Lelis), que usa muletas para se locomover, e a pedagoga servidora da Faculdade de Medicina (Famed/UFCA), Joana Angélica, que também usa muletas, para conviver com sequelas de poliomielite. Lelis relatou uma produção acadêmica intensa: "Entrei (na UFCA) sem (sistema de) cotas, já publiquei vários artigos sobre acessibilidade e também escrevi livros sobre esse tema. Pessoas com deficiência são capazes", afirmou. Joana, por sua vez, contou, com bom humor, experiências sobre o desrespeito a regras de acessibilidade por pessoas sem deficiência: "Certa vez fui ao supermercado e encontrei a vaga para pessoas com deficiência ocupada. Não vi nenhuma identificação ou adesivo indicando que o veículo conduzia alguém com deficiência e 'tranquei' o carro. Não deu 5 minutos e ouvi pelo sistema de som do supermercado um aviso para que eu tirasse o carro da frente (do veículo trancado). Não me importei. Com a insistência dos funcionários, que disseram que o dono do outro carro estava impaciente, eu disse apenas 'que ele se sente'. Quando terminei as compras, de fato o condutor não tinha nenhuma deficiência e deu a desculpa de que 'foi só um instante'. Isso acontece sempre. Em lugares com estacionamento disputado, muitos acabam usando as vagas especiais porque acham que os deficientes não estarão lá", acredita.   Serviço   Secretaria de Acessibilidade (Seace/UFCA) Sala 2 - Bloco A, campus Juazeiro do Norte  (88) 3221.9374 / 3221.9375
Durante esta segunda-feira (3), o auditório Beata Maria de Araújo, no campus Juazeiro do Norte, recebeu palestras e mesas redondas sobre gestão de recursos hídricos, promovidas pelo primeiro Workshop Internacional do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional Sustentável (Proder/UFCA), realizado em parceria com a Secretaria de Cooperação Internacional da Universidade Federal do Cariri (SCI/UFCA).   Os trabalhos começaram com palestra magna "Gestión Integrada de las aguas subterráneas", da professora argentina Marta Del Carmen Paris, da Universidad Nacional del Litoral (OSUNL). Em espanhol, a professora comentou sobre a formação de aquíferos e lembrou que 68,9% da água doce disponível no mundo estão em gelos continentais e quase todo o restante, em águas subterrâneas, que se acumulam no solo com a retenção, ao longo dos anos, das águas de precipitações (como chuva, neve e geada): "Temos uma quantidade finita de água própria para consumo humano e podemos levar séculos até formar aquíferos. A demanda por água vem crescendo e estamos usando mais água do que a natureza é capaz de repor (nos aquíferos). É como uma conta de banco: se só tirarmos (água) sem sabermos quando vamos repor, os aquíferos podem acabar", disse a professora.   Na sequência, foi formada uma mesa redonda da qual participaram, além da professora Marta, a professora do Proder/UFCA, Celme Torres, o engenheiro agrônomo Alberto Medeiros de Brito, da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), e o engenheiro sanitarista Marcelo Gutierrez, representando a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Alberto, que coordena a gestão da Bacia do Salgado (no sul do Ceará, cuja área se espalha por 23 municípios), lembrou a necessidade de conscientização da população sobre a gestão adequada dos recursos hídricos: "Quem é de Juazeiro (do Norte) está acostumado a ver esgoto passando a céu aberto pelas ruas. Muitos imóveis não são conectados à rede de esgotamento sanitário para evitar o pagamento da taxa cobrada pela Cagece, mas esse esgoto passando vai penetrar no solo e é de lá que vem a água consumida pela população. Claro que, hoje, a água é tratada, mas com os crecentes níveis de contaminação, essa água pode chegar a um ponto em que, mesmo tratada, será imprópria para consumo", afirmou. Exemplificando a fala anterior, Marcelo Gutierrez trouxe índices de abrangência do esgotamento sanitário em algumas cidades do Cariri: "Em Juazeiro do Norte, a rede coletora abrange 40% da cidade. Em Barbalha, o índice cai para 20% e Missão Velha chega a ter menos que isso".   À tarde, o evento contou com palestra do professor português Luís Manuel Zambujal Chícharo, da Universidade do Algarve (UAlg), cujo tema foi "Ecohidrologia: uma solução ecossistêmica para a recuperação e sustentabilidade de ecossistemas aquáticos". Depois, foi formada nova mesa redonda, dessa vez para debater a conservação/recuperação de recursos hídricos no Cariri, com a presença do professor Luís, da professora Marta Del Carmen e da professora Vera Lucia de Miranda Guarda, da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). A mesa foi mediada pelo professor do Proder/UFCA, Francisco José de Paula Filho.    Cursos   Além das palestras e mesas redondas, o evento vai oferecer, a partir de amanhã (4), dois cursos com temas “Gestão Integrada de águas subterrâneas” e "Ecohidrologia: uma solução ecossistêmica para a recuperação e sustentabilidade de ecossistemas aquáticos". O primeiro será facilitado pelas professoras Marta Del Carmen Paris e Celme Torres e o segundo, pelo professor Luís Chícharo. As formações ocorrerão no auditório da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Ceará (Adufc), no campus Juazeiro do Norte da UFCA. Ao todo, foram ofertadas 50 vagas.   A programação do workshop conta ainda com uma visita técnica a geossítios do Geopark Araripe, no dia 7 de dezembro. Para a atividade, um ônibus destacado pela UFCA vai sair do campus Juazeiro do Norte às 8h. Poderão participar até 40 inscritos.   Serviço   Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Sustentável da Universidade Federal do Cariri (Proder/UFCA) Rua Icaro de Sousa Moreira, s/n – Bairro Barro Branco, Crato – CE (88) 3221-9503 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
As chapas inscritas na semana passada com candidatos à Reitoria e à Vice-Reitoria da Universidade Federal do Cariri (UFCA) foram homologadas nesta segunda-feira (3). Agora, as chapas homologadas vão disputar a eleição para os cargos citados, prevista para ocorrer no próximo dia 7 de dezembro. Têm direito a voto os integrantes do recém-implantado Conselho Universitário (Consuni/UFCA). As três chapas mais votadas entre os membros do Consuni/UFCA vão compor a lista tríplice de chapas a ser enviada ao Ministério da Educação (MEC), para que o executivo federal defina qual delas vai dirigir a UFCA. As chapas inscritas são as seguintes:   Chapa 1 - Reitor: Silvério de Paiva Freitas Júnior/ Vice-Reitora: Ledjane Lima Sobrinho   Chapa 2 - Reitor: Ricardo Luiz Lange Ness / Vice-Reitora: Laura Hévila Inocêncio Leite   Chapa 3 - Reitor: Juscelino Pereira Silva / Vice-Reitor: José Robson Maia de Almeida   Chapa 4 - Reitor - Sebastião Cavalcante de Sousa / Vice-Reitora: Maria do Socorro Vieira Gadelha   Chapa 5 - Reitora: Celme Torres Ferreira da Costa / Vice-Reitora: Sally de França Lacerda Pinheiro     Eleições O local e o horário da eleição para composição da lista tríplice serão informados posteriormente, em ato convocatório do Consuni/UFCA.
A coordenação do Mestrado Profissional em Matemática (PROFMAT) da Universidade Federal do Cariri (UFCA) divulgou lista com 25 classificados e 21 classificáveis no Exame Nacional de Admissão 2019 (ENA) para matrícula no programa. Acesse aqui o documento.     A matrícula ocorrerá no período de 10 a 11 de dezembro de 2018, das 08h às 12h e das 14h às 17h. Caso candidatos classificados não efetuem a sua matrícula no prazo estipulado, as vagas remanescentes serão atribuídas aos demais candidatos aprovados (classificáveis), respeitada a ordem decrescente da nota total e os critérios de desempate, no dia 14 de dezembro de 2018 das 08h às 12h.    A confirmação de matrícula de discentes é presencial, mas também poderá ser feita por meio de procuração, desde que a mesma tenha firma reconhecida e as cópias dos documentos sejam autenticadas. Para realizar a matrícula são necessários os seguintes documentos:   - Cópia autenticada do diploma de curso superior devidamente reconhecido pelo MEC, ou documento equivalente, respeitando o edital do exame nacional de acesso; - Cópia autenticada da identidade, CPF, reservista (sexo masculino), título de eleitor e comprovante de residência; - Comprovante de quitação com a justiça eleitoral - Se professor, e tem pretensão a bolsa de mestrado, deve entregar toda a documentação exigida pelo Edital do Exame Nacional de Acesso (anexo 4 do Edital) e pelas normas da CAPES.   Serviço Matrículas: 10 e 11 de dezembro de 2018 Horário: 08h às 12h e 14h às 17h Matrícula para vagas remanescentes (caso haja): 14 de dezembro de 2018 das 08h às 12h. Local: Secretaria do PROFMAT (sala 23 C Bloco A) - Campus Juazeiro do Norte    
Uma equipe de servidores da Universidade Federal do Cariri (UFCA) visitou, na tarde desta sexta-feira (30), a Escola de Ensino Fundamental e Médio Simão Ângelo, em Penaforte, na divisa entre Ceará e Pernambuco. A escola realizou a sua primeira Feira das Profissões, da qual - além dos estudantes locais - participaram representantes de instituições de ensino superior públicas e privadas.   Os estudantes da escola organizaram exposições de cursos diversos, como Jornalismo, Medicina, Biologia, Engenharia Civil, Farmácia, Matemática e Letras. Um grupo escolhido pela coordenação da escola participou de uma apresentação da UFCA, exposta pelo professor Alessandro Soares, do Instituto de Formação de Educadores (IFE/UFCA).   Na ocasião, foi exibido um vídeo de apresentação da UFCA, explanados quais são os cursos de graduação que a universidade oferece e mencionadas as oportunidades de bolsas e de assistência estudantil. Entre o grupo de estudantes que participou da apresentação, os cursos de maior interesse citados foram Música, História, Psicologia (ainda não ofertado pela UFCA) e Medicina.  
Foi finalizado às 20h desta sexta-feira o processo de inscrição de chapas com candidatos à Reitoria e à Vice-Reitoria da Universidade Federal do Cariri (UFCA). As chapas inscritas vão disputar a eleição para os cargos citados, prevista para ocorrer no próximo dia 7 de dezembro. Têm direito a voto os integrantes do recém-implantado Conselho Universitário (Consuni/UFCA). As três chapas mais votadas entre os membros do Consuni/UFCA vão compor a lista tríplice de chapas a ser enviada ao Ministério da Educação (MEC), para que o executivo federal defina qual delas vai dirigir a UFCA.   As chapas inscritas são as seguintes:   Chapa 1 - Reitor: Silvério de Paiva Freitas Júnior/ Vice-Reitora: Ledjane Lima Sobrinho   Chapa 2 - Reitor: Ricardo Luiz Lange Ness / Vice-Reitora: Laura Hévila Inocêncio Leite   Chapa 3 - Reitor: Juscelino Pereira Silva / Vice-Reitor: José Robson Maia de Almeida   Chapa 4 - Reitor - Sebastião Cavalcante de Sousa / Vice-Reitora: Maria do Socorro Vieira Gadelha   Chapa 5 - Reitora: Celme Torres Ferreira da Costa / Vice-Reitora: Sally de França Lacerda Pinheiro   Confira as chapas inscritas no documento oficial enviado pela Comissão Eleitoral constituída pelo Consuni/UFCA.   Eleições O local e o horário da eleição para composição da lista tríplice serão informados posteriormente, em ato convocatório do Consuni/UFCA.  
Foi lançado nesta sexta-feira (30) edital para seleção de novos bolsistas para o Programa de Aprendizagem Cooperativa em Células Estudantis (PACCE). Pelo edital, serão ofertadas 25 vagas remuneradas e outras 25 voluntárias. Podem se inscrever estudantes matriculados em cursos de graduação da Universidade Federal do Cariri (UFCA), com 12h semanais disponíveis para atividades da bolsa, que não tenham integralizado mais de 80% dos créditos do curso até 2018.2 e que não sejam bolsistas de outros programas da universidade.   As inscrições começam no próximo dia 8 de dezembro e seguem até 8 de fevereiro de 2019, pela plataforma Forms. No ato de inscrição, é preciso anexar histórico escolar (SIGAA) e um memorial, cuja confecção é especificada no anexo I do edital.   Os selecionados para bolsas remuneradas terão, cada um, auxílio mensal de R$ 400,00, com vigência de março a dezembro de 2019. O resultado final da seleção deve ser divulgado no dia 28 de fevereiro.     Serviço   Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFCA) Coordenadoria para o Fortalecimento da Qualidade de Ensino - CFOR (88) 3221 - 9267
O Cineclube do Instituto Interdisciplinar de Sociedade Cultura e Artes (IISCA), projeto de Cultura da Universidade Federal do Cariri (UFCA), realiza, em conjunto com a Ouvidoria Geral da instituição, uma sessão especial sobre Direitos Humanos e Democracia, nesta segunda-feira (03), às 13h30, na sala G112, do campus Juazeiro do Norte. Na ocasião, será exibido o filme nacional "Batismo de Sangue" (2006), narrativa que conta a história de cinco frades dominicanos perseguidos e torturados durante a ditadura militar brasileira nos anos 60. Um debate será realizado após a exibição do longa, que é baseado no livro homônimo de Frei Betto. A atividade é  gratuita e aberta ao público. Cineclube IISCA Criado como um espaço semanal para debater temas a partir da exibição de produtos audiovisuais, o Cineclube IISCA tem o intuito de promover um diálogo entre todos os cursos do Instituto, incluindo professores, estudantes, servidores, terceirizados, convidados e comunidade externa. Também são disponibilizados, com antecedência, na fanpage do projeto, textos relacionados aos filmes para enriquecer os debates. O Cineclube começou suas atividades em março de 2018, com sessão temática sobre Cinema e Sociedade. As exibições ocorrem sempre às quartas-feiras, podendo haver exibições extras, como a desta segunda (03). Este mês o projeto encerra as atividades com o filme 'Oblivion', na quarta-feira, dia 5, na mesma sala e horário da exibição especial. O projeto aceitou sugestões de temas e filmes de toda a comunidade durante todo o ano de 2017 para definir a programação exibida. Serviço: Exibição e debate: Batismo de Sangue Quando: 03/12 Local: Sala G112, Campus Juazeiro do Norte da UFCA Horário: 13h30    
Mudou o local onde ocorrerá o debate sobre conjuntura político-econômica brasileira, promovido pelo Viès - Núcleo de Economia Política na Universidade Federal do Cariri (UFCA). Antes, o evento ocorreria na sede da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Ceará (Adufc), no campus Juazeiro do Norte. Agora, o debate será no auditório Bárbara de Alencar, também no campus Juazeiro do Norte. A data e o horário do encontro foram mantidos (amanhã, 30, às 14h).   Participarão do encontro o economista e professor da UFC, Fábio Maia Sobral, o economista Francisco José Aguiar e o engenheiro químico e professor do curso de Administração da UFCA, Eduardo Vivian. O debate será mediado pela filósofa professora da UFCA, Camila Prado. A entrada é gratuita. Viès O Viès - Núcleo de Economia Política é um grupo de estudos com origem na Universidade Federal do Ceará (UFC) que vem debatendo Economia Política com a sociedade desde 2010. Serviço  Viès - Núcleo de Economia Política Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (UFC) \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  *Matéria atualizada às 20h
A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal do Cariri (Prograd/UFCA, antiga Pró-Reitoria de Ensino) lançou, nesta quinta-feira (29), edital para implementação ou renovação de Projetos de Monitoria do Programa de Iniciação à Docência (PID), nas modalidades "monitoria remunerada" e "monitoria voluntária". As inscrições de projetos começam nesta sexta-feira (30) e vão até o dia 4 de janeiro de 2019, no cadastro unificado de ações acadêmicas. Toda a documentação necessária está listada no edital.   Poderão submeter projetos de iniciação à docência professores efetivos da UFCA com regime de trabalho de 20h, 40h ou 40h dedicação exclusiva, que estejam em pleno exercício do magistério. Os docentes interessados deverão encaminhar seus projetos de iniciação à docência solicitando vagas para monitoria(s) remunerada(s) e/ou voluntária(s).   Ao todo, o edital oferta 128 bolsas, divididas igualmente entre monitoria remunerada e monitoria voluntária. Para os estudantes que participarem de projetos do PID como bolsistas remunerados, será concedida bolsa no valor de R$ 400,00 mensais, durante nove meses, com início no mês de abril de 2019. É proibida a acumulação de bolsas concedidas pela UFCA a discentes com quaisquer outras bolsas vinculadas a órgãos públicos municipais, estaduais ou federais, sob pena de ressarcimento dos valores recebidos.   Serviço   Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFCA) Coordenadoria para o Fortalecimento da Qualidade de Ensino - CFOR (88) 3221 - 9267 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
«IniciarAnt12345678910PróxFim»
Pagina 2 de 255