Início do Conteúdo

Projeto instala biodigestor em sítio para auxiliar na produção de biofertilizante e biogás

Quinta, 09 Novembro 2017 14:40
A Enactus UFCA, programa vinculado à Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Cariri, finaliza nesta quinta-feira, 9, a instalação de um biodigestor no sítio Boa Esperança, em Barbalha. A ação faz parte do novo projeto do grupo, o BIO+.
 
O biodigestor auxilia na produção de biofertilizante e biogás, melhorando o trabalho e a qualidade de vida dos moradores da região. O time e a comunidade finalizarão a construção com a acomodação de uma caixa d’água, seguido de trabalhos de capacitações relacionadas à construção de uma horta orgânica na comunidade.
 
O objetivo principal do projeto BIO+ é buscar a inserção de vários tipos de tecnologias de baixo custo e práticas para o empoderamento de comunidades rurais através do plantio de hortaliças e frutas de forma sustentável. Além da atuação no sítio Boa Esperança, o projeto ainda atua na comunidade Santa Rosa, no Crato, onde já começaram os processos de construção de uma horta.
 
Com uma metodologia inspirada na Permacultura, o projeto pretende aliar práticas agrícolas sustentáveis para gerar um ciclo de produção sem prejuízos para os produtores, além da melhoria na qualidade de vida de mini produtores rurais. A ação também propõe implementar noções de gestão e empreendedorismo que os farão alcançar novos patamares no comércio local, através de um conhecimento técnico mais especializado e uma gestão continuada e duradoura.
 

Enactus UFCA

 
Criado em 2009, a Enactus UFCA é um programa de extensão formado por 21 estudantes de diversos cursos da UFCA que propõem e executam projetos que trabalham o empreendedorismo social e sustentável através do empoderamento de pessoas. Atualmente, o programa atua com duas ações, o BIO + e o Mulecas. Esse ultimo projeto trabalhará com artesanato de linhas (costura, crochê e bordado), na comunidade do bairro Frei Damião em Juazeiro do Norte.
 
Os períodos de execução dos projetos são chamados de ciclos. Iniciam-se no mês de agosto e são finalizados em julho do ano seguinte. Sobre o processo de desenvolvimento das ações, a estudante do curso de Jornalismo e vice-presidente da Enactus UFCA, Beatriz Sousa, afirma que geralmente seguem as linhas de agricultura e empoderamento feminino, pois os editais de financiamento para os projetos que a Enactus consegue com as empresas parceiras são em sua maioria ligados a essas áreas. “A partir disso, desenvolvemos a ideia tentando incorporar algo inovador. Buscamos as comunidades, aplicamos um diagnóstico para então aplicá-los aos beneficiários”, conta.
 
O grupo da UFCA compõe um dos 100 times pertencentes a Enactus Brasil. O país é um dos 36 países que participam do programa Enactus, organização internacional sem fins lucrativos, com o objetivo de inspirar os estudantes a melhorar o mundo através de ações empreendedoras.
 
A organização também realiza uma série de campeonatos nacionais para as equipes mostrarem os resultados de seus projetos ao final de cada Ciclo. O time campeão nacional avança para a Enactus World Cup, evento internacional que premia as melhores ações.
 
Lido 1009 vezes