Início do Conteúdo

Universidade Federal do Cariri investe em melhorias na prática esportiva

Quinta, 06 Abril 2017 11:46
A Universidade Federal do Cariri (UFCA), com o objetivo de incentivar a prática esportiva e  proporcionar aos estudantes uma formação integral, tem investido em melhorias na área do esporte, do corpo e culturas do movimento. Nesta sexta-feira e sábado, será realizado o Torneio Unificado de Futsal, no campus Crato, com a participação de 17 equipes masculinas e três femininas, formadas por estudantes, docentes, técnico-administrativos e terceirizados da universidade. O evento esportivo marca a inauguração do ginásio poliesportivo do campus. 
 
Em maio, está prevista a inauguração das duas quadras no campus Juazeiro do Norte. Cada uma das três quadras têm capacidade para 150 pessoas e espaço para atividades nas modalidades de futsal, basquete, handebol e vôlei. 
 
O torneio, que está sendo organizado pela Divisão de Esporte da Pró-reitoria de Cultura (PROCULT), inicia nesta sexta-feira, às 17h. No sábado, 8, as atividades começam às 8h. As partidas da 1ª fase e das quartas de final terão dois tempos de dez minutos, cada uma. Já as semifinais e a final contarão com dois tempos de 12 minutos. 
 

Bolsas

 
Além do investimento na infraestrutura, a UFCA, por meio da PROCULT, desenvolve ações esportivas através das bolsas de esportes, subdivididas entre bolsa esporte projeto, bolsa atleta e  monitoria esportiva. Todas são concedidas a estudantes da instituição que atuam em projetos voltados para diversas modalidades como vôlei, tênis de mesa, futsal, capoeira, ciclismo, basquete dentre outras.
 
Um dos incentivos, a bolsa atleta, com valor mensal de R$ 400 e 12h/semanais, é responsável por apoiar financeiramente estudantes que já possuem aptidão em alguma modalidade esportiva e tenham conquistas no âmbito local e estadual. “A ideia dessa bolsa é incentivar que o discente continue treinando e também possa competir representando a universidade”, explica a gerente da Divisão de Esporte da PROCULT, Lívia Duarte. 
 
O processo de seleção para os bolsistas atletas consiste em duas etapas. Além da entrevista com cada participante, é feito somatório com pontuação estabelecida em edital, em que são consideradas conquistas e competições – sejam profissionais, universitárias e escolares – dos cinco anos anteriores ao período da bolsa. Este ano dois estudantes foram selecionados através da pontuação para ocuparem as vagas ofertadas. 
 
Um dos selecionados foi o estudante do terceiro semestre de Engenharia Civil, Naelson Rodrigues Gomes, qualificado na modalidade de natação. Praticante de natação há 14 anos, Naelson Rodrigues, ficou sabendo do auxílio esporte através de um amigo. Para o estudante, a ajuda de custo “é um incentivo tanto para a área do esporte quanto para permanecer na faculdade”. Naelson comenta que estava para desistir do curso por problemas financeiros, quando conseguiu a bolsa. Ele acumula 43 medalhas, desde 2012, todas em nível local. Sua rotina de treinos consiste em aproximadamente uma hora de nado, três vezes na semana. “A hora que estou na piscina é a hora que eu relaxo”, diz Naelson. 
 
O outro beneficiado foi Cícero Sebastião Cosmo da Silva, do curso de Jornalismo, que já recebia o incentivo desde 2016. Competindo na categoria leve até 76 quilos do jiu-jitsu, Sebastião começou a treinar aos 16 anos, durante o ensino médio, e não parou mais. Conciliando o horário de estudos à rotina diária de duas horas e meia de treino, o atleta já era detentor de oito títulos em nível estadual e nordestino. Acumula atualmente 25 medalhas nacionais, regionais e estaduais. 
 
Para Sebastião, o apoio da bolsa é fundamental na conquista de seus objetivos. “Passei muitos anos em busca de patrocínios e ajuda de custo para financiar as viagens e equipamentos. Esse apoio da Universidade representa muito. Acredito que o esporte é uma engrenagem muito importante de impulsão na socialização e inserção das pessoas. A universidade demonstra com isso que, além de ser um lugar de aprender, é um lugar de interação social, abrindo um leque de oportunidade na vivência estudantil”, comentou. 
 
 
Foto do banner: Aquivo Coordenadoria de Obras e Projetos Complementares/DINFRA/UFCA
Lido 2823 vezes