Início do Conteúdo

Estudantes apresentam 228 painéis e oferecem 35 oficinas durante a II Mostra UFCA

Quinta, 17 Dezembro 2015 14:34
Estudantes dos cinco campi da Universidade Federal do Cariri (UFCA) tiveram a oportunidade de apresentar as pesquisas realizadas no cotidiano acadêmico durante a Mostra 2015. Nesta quarta, 16, e quinta-feira, 17, 228 painéis, com temas diversos, relacionados às áreas de atuação dos discentes, foram expostos no campus de Juazeiro do Norte. 
 
As apresentações orais estão divididas em grupos de trabalhos organizados sob diversas macrotemáticas, entre elas Programa de Iniciação à Docência (PID); Programa de Projetos de Ensino (PPE); Manejo de Agroecossistemas no Semiárido; Cidades, Crítica Social, Gestão Pública; Educação; Saúde; Educação Científica; Natureza e Sustentabilidade; entre outros. 
 
O estudante Thiago Luiz Freire, do curso de Engenharia Civil, junto com outros três discentes, apresentou, na noite de quarta-feira, o relatório final das atividades desenvolvidas no Programa de Iniciação à Docência (PID). Com o tema “Alinhando a Estatística à graduação da UFCA através da monitoria”, eles mostraram como é possível auxiliar outros estudantes, a fim de reduzir as taxas de reprovação, desistência e evasão nas disciplinas de Estatística.
 
A equipe de discentes atuou durante todo o ano de 2015 em disciplinas de estatística e áreas afins nos cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Materiais, Administração e no mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável. “Como somos da área de exatas, contribuímos com os outros estudantes na hora de sanar as dúvidas. É como um reforço na disciplina”, explicou Thiago Luiz. 
 
Outra equipe, do curso de Medicina, com a pesquisa “Desafios no acolhimento humanizado no abortamento”, mostrou a necessidade de entender a paciente como um ser biopsicossocial e espiritual. “A partir de um projeto de extensão sobre atenção à gestante, percebemos que as mulheres em situação de abortamento não tinham um atendimento adequado até por ser um tema polêmico ”, disse a estudante Marina Rabello.
 
A pesquisa foi desenvolvida com mais três estudantes do curso de Medicina, sob a orientação da professora Patrícia Brayner. A apresentação ocorreu na tarde desta quinta-feira, 17, no painel Saúde. 
 

Oficinas

A programação da Mostra UFCA também contou com diversas oficinas, na tarde de quarta e na manhã desta quinta-feira. Ao todo foram 35 capacitações - 33 realizadas em Juazeiro do Norte e outras duas no campus de Crato e Barbalha -, abrangendo diferentes temas, cada uma com capacidade para 20 participantes. As atividades de workshop, abertas ao público externo e comunidade acadêmica, tiveram duração de 4h/aula. 
 
Diversos assuntos, relacionados aos cursos de graduação da UFCA, foram trabalhados durante as ações – cinema; fotografia; confecção de sketchbooks; dança de salão; coleta seletiva de resíduos; artes marciais; desenho de jóias; compostagem doméstica e minhocário; culturas para adubação verde são alguns exemplos. 
 
A oficina O Clube do Filme, promovida pelo Programa de Educação Tutorial do Curso de Administração Pública (PET-ADM), exibiu o longa “A Felicidade Não Se Compra”(1947), dirigido por Frank Capra. “Realizamos debates e dinâmicas sobre  a problemática envolvendo dinheiro e felicidade. Todas as atividades da oficina foram pensadas para que pudessem despertar também o interesse de pessoas que não fazem parte da universidade”, comenta o estudante de Administração e membro do PET-ADM, Jailson Santana.
 
Saúde Mental foi o tema central da oficina oferecida pela Liga Acadêmica de Saúde Mental (LISAM) do Curso de Medicina da UFCA. Os estudantes de Medicina Raquel Kanda e Matheus Aguiar foram os facilitadores do workshop. Durante o encontro foi feito um panorama regional e nacional de como se encontram os cuidados com a saúde mental na visão de psiquiatras. “Essa é uma exposição básica de um assunto muito extenso. Nossa pretensão é de que os participantes absorvam, por exemplo, as diferenças de algumas doenças que a princípio são confundidas”, diz Raquel.
 
Outra atividade foi a oficina Meditação Com Música, facilitada pelo estudante do Curso de Música David Renan. Na oportunidade, conceitos e técnicas sobre meditação e musicoterapia foram repassados aos participantes. 
Lido 2311 vezes