Início do Conteúdo

Projeto "Quem Conta Um Conto" trabalha o desenvolvimento escolar de crianças em situação de vulnerabilidade

Quinta, 03 Maio 2018 15:28

O Projeto “Quem Conta um Conto”, do Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri (UFCA), esteve na última sexta-feira (27) no Orfanato Jesus, Maria e José, na cidade de Juazeiro do Norte. De caráter extensionista, a atividade foi a segunda ação do projeto e contou com desenho, dança, brincadeiras, contação de história e a “Parada Obrigatória”,  uma mini-biblioteca móvel de livros infantis.

Tutorado pelas professoras Cleide Bernardino e Fabiana Lazzarin, o PET do curso de Biblioteconomia contabiliza um total de 13 bolsistas, cinco projetos e 14 ações. O programa foi criado em 2014 e atua nos eixos de ensino, pesquisa, extensão e cultura. Segundo a professora tutora Cleide Bernardino, o objetivo do PET é fortalecer o ensino na graduação, fazendo os estudantes pensarem uma prática profissional atuante na sociedade.

Com o objetivo de auxiliar crianças para um melhor desenvolvimento escolar, incentivando a leitura de forma lúdica e trabalhando a criatividade, a fala, a escrita e o convívio social, o projeto "Quem Conta Um Conto" realiza atividades em comunidades carentes da cidade de Juazeiro do Norte. “A questão da vulnerabilidade social ainda é muito expressiva, por isso as ações são feitas em lugares periféricos”, contou a co-tutora do PET, Fabiana Lazzarin.

"Quem Conta Um Conto" foi uma iniciativa da estudante Débora Costa, que atualmente coordena o projeto com mais duas bolsistas do PET, as estudantes Letícia Alcântara e Cícera Macedo. Débora explica que o projeto surgiu do interesse de contribuir para a melhoria do desempenho das crianças nas escolas e na formação de leitores, além de colocar em prática a atuação do bibliotecário enquanto mediador cultural. "Tem sido uma experiência incrível, observar o aprendizado das crianças e quanto aprendemos com elas também", afirma.

Dando continuidade às ações, no próximo semestre o projeto vai atuar em escolas públicas e expandir a quantidade de livros infantis para criar uma biblioteca própria para a realização das atividades. Segundo Lazzarin, o objetivo da ação é trazer indicadores acerca de fatores cognitivos, índices de leitura e desenvolvimento motor das crianças.  

O Programa está recebendo doações de livros infantis para sua biblioteca. Elas podem ser feitas na sala 100, no campus de Juazeiro do Norte, de 13h às 16h. Para mais informações, entre em contato com o Programa de Educação Tutorial - PET Biblioteconomia: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


O Orfanato Jesus, Maria e José

O Orfanato Jesus, Maria e José acolhe crianças em estado de vulnerabilidade social, no período da tarde, e oferece atividades extracurriculares como artes visuais, teatro, aulas de música e artes marciais. Para participar das atividades as crianças devem estar regularmente matriculadas e frequentando a escola no ensino público, no período da manhã.

O local, que se mantém por meio de doações, conta com a parceria do SESC e da comunidade para continuar dando assistência às crianças de 6 a 14 anos. O Orfanato Jesus, Maria e José também recebe doações de alimentos, roupas, brinquedos e materiais de limpeza. Ele fica à rua Coronel Antônio Pereira 64, Salesianos, em Juazeiro do Norte.

 Confira abaixo as fotos da ação.

PET Biblioteconomia: Quem conta um conto

Lido 1451 vezes