Início do Conteúdo
Amanhã (28), a Universidade Federal do Cariri (UFCA) vai receber a etapa Cariri da segunda rodada de encontros regionais do Ceará 2050 - uma plataforma colaborativa de planejamento estratégico de longo prazo para o estado. O evento será no auditório Bárbara de Alencar, das 8h às 13h. A primeira etapa na região - realizada em junho do ano passado, no Centro de Convenções do Cariri -  possibilitou que os participantes apresentassem sonhos e anseios para o Ceará do ano de 2050. Essa primeira rodada gerou 29 objetivos para o estado, que deverão se concretizar até o ano de 2050 por meio de projetos que serão apresentados nesta segunda etapa de encontros. Agora, o novo encontro objetiva debater uma lista de projetos estratégicos que darão rumo ao desenvolvimento do estado nas próximas três décadas.    De acordo com Barros Neto, coordenador geral do Ceará 2050, “a proposta é apresentar o material para o público e dialogar com base na realidade de cada espaço”. Toda a população da região do Cariri é convidada a participar. As inscrições estão disponíveis na página do evento. Até o fim de março, 14 regiões do Ceará terão recebido os encontros do Ceará 2050: Maciço de Baturité, Grande Fortaleza, Litoral Leste, Litoral Norte, Sertão Central, Litoral Oeste/Vale do Curu, Sertão dos Inhamuns, Cariri, Sertão de Sobral, Sertão de Canindé, Sertão de Crateús, Vale do Jaguaribe, Serra da Ibiapaba e Centro Sul.   Serviço  Ceará 2050 - Segunda rodada de encontros regionais Quando: 28 de março de 2019, das 8h às 13h Onde: auditório Bárbara de Alencar – campus Juazeiro do Norte www.ceara2050.ce.gov.br
Quarta, 27 Março 2019 12:37

Time Enactus na UFCA completa 10 anos

Na próxima sexta feira (29), a Enactus na Universidade Federal do Cariri (Enactus UFCA) vai promover evento para celebrar seus 10 anos de existência. Fundada nos Estados Unidos em 1975, a Enactus (antes conhecida como SIFE - sigla para o termo em inglês Student In Free Enterprise) é uma organização internacional sem fins lucrativos, dedicada a inspirar estudante de 36 países a melhorar o mundo por meio do empreendedorismo social. A rede envolve mais de 1.730 instituições.   Programação Pela manhã, a programação envolverá roda de conversa, no auditório Beata Maria de Araújo do campus Juazeiro do Norte, com início previsto para as 9h30, cujo tema será “Empreendedorismo: desenvolvimento social através de ações empreendedoras”. Também pela manhã, o pátio do campus vai receber uma feira com produtos do projeto Redae, que atua na comercialização e divulgação de produtos agrícolas cultivados por outro projeto, o Bio+. Este fomenta práticas e tecnologias de baixo custo para que famílias rurais produzam hortaliças e frutas de forma sustentável.   Pela tarde, haverá minicursos e oficinas em espaços do campus Juazeiro e visita técnica ao sítio Boa Esperança, em Barbalha, onde o Bio+ atua. Outra feira está prevista para ocorrer no pátio: a de parceiros e artesãs do projeto Mulecas, que auxilia a inserção de mulheres no mercado de trabalho com oficinas de artesanato. Encerrando a programação, à noite, estão previstas solenidade em comemoração aos 10 anos do time, roda de conversa e coffee break - todos no auditório Beata.   Os interessados em participar devem se inscrever na página do evento, na qual também é possível acessar detalhes da programação.   Rede Enactus na UFCA Com 10 anos, a Enactus UFCA foi o primeiro time da rede criado no estado e é mais antiga que a própria UFCA. A instituição, antes um campus avançado da Universidade Federal do Ceará (UFC), alcançou sua autonomia há apenas 6 anos, em 2013. A Enactus UFCA já teve seu trabalho reconhecido por organizações como The Youth Assembly (ONU), Walmart Brasil, Nufarm Brasil, Cargill, e o Ministério do Meio Ambiente Brasileiro.   Serviço Enactus UFCA Sala 73, Bloco E - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9229 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
Logo mais, às 14h30, a Universidade Federal do Cariri (UFCA) receberá a palestra "A tragédia de Brumadinho e a Política Nacional de Segurança de Barragens". A palestra, aberta ao público, será proferida pelo professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), o engenheiro Antônio Nunes de Miranda.   O evento, articulado pelo Centro de Ciências e Tecnologia (CCT/UFCA), vai ocorrer no auditório Beata Maria de Araújo, no campus Juazeiro do Norte.   Caso Brumadinho   No último dia 25 de janeiro, a cidade mineira de Brumadinho vivenciou as trágicas consequências do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, da mineradora Vale. Os rejeitos da barragem se espalharam pelo município,  destruindo instalações da mineradora, casas, pousadas, sítios e fazendas da região. Até o momento, o rompimento da barragem deixou 216 mortos. 89 pessoas ainda estão desaparecidas. Além disso, quase mil pessoas que moram perto de barragens da Vale estão fora de suas casas, não apenas em Brumadinho, mas também nas cidades de Barão de Cocais, Nova Lima, Ouro Preto e Rio Preto.   Serviço Palestra: "A tragédia de Brumadinho e a Política Nacional de Segurança de Barragens" Quando: 27 de março de 2019, às 14h30 Onde: Auditório Beata Maria de Araújo - campus Juazeiro do Norte   Informações: Centro de Ciencias e Tecnologia (CCT/UFCA) (88) 3221.9567
Quarta, 27 Março 2019 09:32

Rodando Tangos seleciona participantes

O projeto Rodando Tangos pelo Cariri - vinculado à Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Federal do Cariri (Procult/UFCA) - está selecionando participantes para o Curso de Formação 2019.1. Ao todo, serão oferecidas 20 vagas: 10 para leva (condutor) e 10 para segue (conduzido). Os encontros terão início no próximo dia 5 de abril, no Auditório Bárbara de Alencar da UFCA (sala 89), das 12h30 às 13h30. O término do curso está previsto para o dia 30 de junho de 2019.   A formação é inteiramente gratuita e aberta ao público externo, coordenada pela professora do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Arte (Iisca/UFCA), Natacha Muriel. Os interessados devem preencher formulário on line e aguardar convocação por e-mail.    Serviço Pró-Reitoria de Cultura (Procult/UFCA) Sala 204, Bloco I - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9245 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.    
Uma nova publicação digital passou a integrar a Plataforma eBooks, da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal do Cariri (PRPI/UFCA). O Decênio UFCA  apresenta o histórico de 10 anos do curso de Administração, Administração Pública, Agronomia e Música, com o intuito de relembrar e comemorar a existência da primeira década dos cursos citados. Além disso, a publicação também comemora a expansão e interiorização da rede pública federal universitária no Cariri, com a criação da UFCA.   O novo item já está disponível para visualização e download e, com isso, o público passa a ter à disposição 23 publicações digitais.    Plataforme eBooks   A plataforma eBooks é uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPI/UFCA), mantida pela Coordenadoria de Editoração e Apoio à Publicação (Ceap-PRPI/UFCA). A equipe é responsável por viabilizar a produção e a publicação de obras de natureza científica, cultural e técnica da universidade – o que envolve serviços como revisão ortográfica, tradução de textos (do português para o inglês), normalização, diagramação, solicitação de identificadores internacionais ISBN e ISSN e a própria publicação na Plataforma e-Books.   Todos os servidores ativos da UFCA com publicações a serem realizadas no âmbito das suas atividades na instituição podem solicitar os serviços da Ceap-PRPI/UFCA, pelo e-mail \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Cada um dos serviços necessários à publicação terá um prazo específico, que varia de acordo com a complexidade da solicitação e com a demanda atual do setor.   Serviço Coordenadoria de Editoração e Apoio à Publicação (Ceap-PRPI/UFCA) Sala 302, Bloco I - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9325 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
Foram divulgadas, nesta terça-feira (26), as listas com os classificados e os classificáveis na chamada pública que está selecionando grupos musicais e artistas para a programação anual do Programa de Circulação Artística da UFCA - Circulô 2019.   A chamada pública é encabeçada pela Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Federal do Cariri (Procult/UFCA) e pelo Centro Cultural Banco do Nordeste no Cariri (CCBNB). O resultado parcial da Chamada Pública 01/2019/PROCULT/UFCA – CCBNB divulgou os seguintes nomes:   Classificados 1 – VocalSet 2 – ElasSax 3 – Nuverse* 4 – Cariri Roda de Choro 5 – Magnetar 6 – Sorrisos de Elis 7 – Antigar* 8 – Davi Martins   *De acordo com o Núcleo de Produção Cultural da Procult/UFCA, os grupos Nuverse e Antigar precisam atualizar seus respectivos dados (lista de participantes), no prazo de recurso, de acordo com cronograma divulgado pelo Aditivo nº 01 da Chamada Pública.     Classificáveis 1 – Tiê: Tributo a Ivone Lara 2 – Felipe e os Outros 3 – Rafael Di Ângelo 4 – Cortejo Cabaçal     Serviço   Núcleo de Produção Cultural - Procult/UFCA Sala 204, Bloco I - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9245 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .
Terça, 26 Março 2019 14:18

Comitê de Enfrentamento ao Aedes Aegypti

Em cumprimento a uma determinação do Ministério do Planejamento, a Universidade Federal do Cariri (UFCA) criou um Comitê de Enfrentamento ao mosquito Aedes Aegypti - que transmite a Degue, a Chikungunya e o Zika Vírus. Conforme o Decreto Nº 8.662, de 1º de fevereiro de 2016, todos os órgãos públicos federais do país devem implementar medidas rotineiras de prevenção e de eliminação de focos do mosquito. Na UFCA, o comitê deverá realizar atividades internas e externas para combater a proliferação do inseto.   Dados do Ministério da Saúde apontam que o número de casos prováveis de Dengue no Ceará cresceu 41,1% no início de 2019, na comparação com os primeiros meses de 2018. Até o dia 2 de fevereiro, o estado notificou 505 casos da doença. No mesmo período de 2018, foram registrados 358 casos de dengue. O Ceará não registrou óbitos em decorrência da doença neste ano.   Em janeiro passado, a Pró-Reitoria de Extensão (Proex/UFCA) solicitou aos setores da UFCA que indicassem dois nomes (titular e suplente) para compor o Comitê de Enfrentamento ao Aedes Aegypti. A Portaria que oficializou a criação do comitê foi publicada em 8 de fevereiro deste ano, com 39 nomes indicados.   Esse grupo terá como missão disseminar informações e práticas educativas capazes de sensibilizar a comunidade acadêmica - e também a comunidade externa - quanto aos riscos de doenças provocadas pelo mosquito. A Dengue provoca náuseas, vômitos, manchas e/ou irritação na pele, dor muscular, dor nas articulações, dor de cabeça e dor ao redor dos olhos. A Chikungunya, por sua vez, costuma provocar febre, dor nas articulações com início agudo, fadiga, inchaço nos gânglios e náusea. Já a Zika causa irritação na pele com pequenas erupções, coceira, febre, aumento do fluxo sanguíneo nos olhos (sem secreção) e dor e/ou inchaço nas articulações.   Serviço   Pró-Reitoria de Extensão Sala 202, Bloco I - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9286 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
15 estudantes do campus Icó da Universidade Federal do Cariri (UFCA) - onde funciona o Instituto de Estudos do Semiárido (Iesa/UFCA), responsável pelo curso de História - colaram grau na noite da última sexta-feira (22). A cerimônia ocorreu no Teatro da Ribeira dos Icós, no bairro Tamarinas. O curso de História da UFCA já não recebe novos estudantes e está em processo de encerramento.   Durante a cerimônia, participaram da mesa de colação de grau o Reitor da UFCA, Ricardo Ness, o Vice-Reitor e Pró-Reitor de Planejamento, Juscelino Pereira, a Pró-Reitora de Extensão, Fabiana Lazzarin, a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Laura Hévila e a Pró-Reitora de Assuntos estudantis, Ledjane Sobrinho. A Pró-Reitoria de Graduação foi representada pelo seu Pró-Reitor Adjunto, Rodolfo Jakov.    Também compuseram a mesa o Diretor do Instituto de Estudos do Semiárido (Iesa/UFCA), Rodrigo Capistrano, a Coordenadora do Curso de História - Bacharelado, Polliana de Luna Barreto, o orador docente do Curso de História, Jucieldo Ferreira Alexandre, e os professores Ives Tavares, Antônio José, Jaqueline Dourado e João Adolfo. O Vice-Prefeito de Icó, Quilon Peixoto Farias, também prestigiou o evento.    Discursos   A oradora discente da noite foi a formanda Laiany Henrique Félix. Laiany recordou a trajetória acadêmica dos formandos até a cerimônia: "Há mais ou menos quatro anos e meio, alguns de nós estávamos iniciando esta jornada. Outros, um semestre depois, também embarcaram neste enorme oceano de oportunidades, cada um carregando dentro de si suas expectativas, desejos, crenças, estilos e gostos. Todos diferentes entre si, mas com um único objetivo: chegar até o dia de hoje. O sentimento é de gratidão, de amor e de dever cumprido", disse.    Representando os professores, o orador docente Jucieldo Ferreira destacou a dificuldade de ingresso no ensino superior para a maioria dos brasileiros: "Mesmo com o avanço considerável das matrículas nas instituições públicas e privadas de ensino, a minoria dos que terminam o ensino médio ingressa nos cursos de graduação. Infelizmente, as políticas públicas no país estão longe de garantir 'universidade para todos'", afirmou.    Após a fala de Jucieldo, a formanda Maria Lucineide Ribeiro ditou aos colegas o juramento padrão, para que os concluintes recebessem o grau de bacharel em História.   Finalizando a cerimônia, o Reitor Ricardo Ness destacou o número de estudantes já formados pela UFCA desde a sua autonomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), em 2013: "Atingimos, nestes quase 6 anos de existência, 1.655 alunos formados. Todos nós da UFCA, nesta noite que deve ser de festa, compartilhamos com vocês formandas e formandos - e com os seus estimados pais - sentimentos de grande júbilo, aos quais se acrescentam os de orgulho e de dever cumprido", disse.    Acesse as fotos do evento.   Colações de Grau   A formatura em Icó encerra as cerimônias de colação de grau da UFCA neste primeiro semestre de 2019. O ciclo de colações deste ano iniciou em Brejo Santo, no último dia 8, quando se formaram 25 estudantes: 22 do primeiro ciclo da Licenciatura Interdisciplinar de Ciências Naturais e Matemática (LICN) e os demais, do segundo ciclo da LICN, em Biologia. Na sequência, houve duas cerimônias no campus Juazeiro do Norte, nas quais colaram grau 114 formandos - de cursos do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT), do Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB), do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Artes (Iisca) e do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA). Com os 15 formandos de Icó e também considerando as colações de grau especiais, a UFCA entregou à sociedade, neste semestre, 245 novos profissionais.   Serviço Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFCA) Sala 205, Bloco I - campus Juazeiro do Norte (88) 3221.9263 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.              
Sexta, 22 Março 2019 15:38

Inaugurada reforma do campus Brejo Santo

Escrito por
A reforma do campus Brejo Santo da Universidade Federal do Cariri (UFCA), que abriga o Instituto de Formação de Educadores (IFE/UFCA), foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (22). Desde a sua fundação, em 2014, o IFE - que forma professores nas áreas de Matemática, Física, Química e Biologia - funcionava na antiga sede da tradicional Escola Balbina Viana Arrais, que não tinha estrutura adequada a uma universidade. As obras de reforma e de ampliação começaram em novembro de 2017 e, até o retorno ao antigo campus, as aulas do IFE vinham ocorrendo no Liceu Professor José Teles de Carvalho. A inauguração contou com a presença do Reitor da UFCA, Ricardo Ness; do Pró-Reitor de Graduação (Prograd/UFCA), Plácido Andrade; do Diretor do IFE/UFCA, Rodrigo Lacerda e do Diretor de Infraestrutura (Dinfra/UFCA), André Freitas. Externos à universidade, prestigiaram o evento a Prefeita de Brejo Santo, Teresa Landim, o Deputado Federal André Figueiredo, o Deputado Estadual Guilherme Landim e também o Diretor Faculdade de Tecnologia Centec no Cariri (Fatec Cariri), Emerson Lacerda – que representou a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará (Secitece). Antes dos discursos, o professor Rodrigo apresentou as novas instalações do IFE às autoridades presentes.   “Esse campus é uma conquista de uma comunidade que acredita que a educação pode mudar as pessoas” O Diretor do IFE destacou que as obras no campus Brejo Santo foram resultado de esforços coletivos: “A gente só conseguiu chegar a esse momento porque firmamos parcerias com as esferas municipal, estadual e federal. E assim, de mãos dadas, a gente está conseguindo fortalecer a educação no Cariri, que já representa 11% da população cearense”, afirmou. Na sequência, a Prefeita de Brejo Santo comentou sobre a importância da obra para o município: “Fico a imaginar quantas pessoas, de quantas gerações, poderão ser beneficiadas com esse investimento educacional. É realmente algo extraordinário para uma cidade do porte de Brejo Santo”, disse. André Figueiredo, que já foi Ministro das Comunicações entre 2015 e 2016, falou sobre a necessidade de investimentos na educação: “Esse campus é uma conquista de uma comunidade que acredita que a educação pode mudar as pessoas. E com certeza essas pessoas transformarão o mundo”, acredita. Guilherme Landim, por sua vez, disse que a inauguração da reforma era - para ele e para a comunidade local - um momento de muita alegria: “É sem dúvida a realização de um sonho. Com um centro de formação de educadores aqui em Brejo Santo, poderemos mandar, para o Brasil inteiro, educadores de excelência”.   "Brejo Santo só tem a comemorar" O professor Emerson Lacerda, em nome da Secitece, exaltou a vocação educadora de Brejo Santo: “Vocês têm aqui uma cidade que é referência em educação para as demais cidades do estado, que por sua vez é referência nacional na educação. Agora vocês têm dentro da cidade uma formação superior de excelência. Brejo Santo hoje só tem a comemorar”, disse. Representando o corpo técnico que se dedicou à reforma, André Freitas fez agradecimentos à equipe de pedreiros, serventes, arquitetos e engenheiros que a tornaram possível: “Essa foi a primeira obra planejada por uma equipe da UFCA, em parte composta por ex-alunos da universidade. Fizemos uma obra bem enxuta e bem responsável com o dinheiro público ", afirmou.  Encerrando os pronunciamentos, o Reitor Ricardo Ness lembrou a ainda curta trajetória da UFCA, que se desmembrou da Universidade Federal do Ceará (UFC) em 2013: “Eu - não apenas como gestor, mas também como professor - tenho os sentimentos de alegria, de gratidão e de dever cumprido por estar fazendo essa entrega. [Nós da UFCA] somos ainda um 'bebê', vamos completar 6 anos de autonomia em junho, e com certeza temos muito mais a entregar para a sociedade”, concluiu.   Acesse as fotos da inauguração da reforma do campus Brejo Santo.   Obras de ampliação continuam Segundo a Dinfra/UFCA, a reforma e também a ampliação do prédio foram orçadas em R$ 3.679.914,11. Somado ao valor dos equipamentos adquiridos para o campus – como computadores e maquinário para os novos laboratórios – esse montante gira em torno de R$ 5 milhões. Após a inauguração da reforma, as obras de ampliação do campus continuam, com entrega prevista para até agosto deste ano.   Serviço Instituto de Formação de Educadores (IFE/UFCA) Rua Olegário Emídio de Araújo, s/n - Aldeota, Brejo Santo (88) 3221.9590 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
A comunidade acadêmica poderá sugerir propostas que contribuiam com a inserção de ações de extensão nos currículos dos cursos de graduação da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Segundo a Pró-Reitoria de Extensão (Proex/UFCA), as sugestões serão feitas por meio do preenchimento de um formulário, disponível na plataforma Forms até o próximo dia 4 de abril. As propostas aprovadas vão compor uma minuta, que vai estabelecer os procedimentos pedagógicos e administrativos para que os cursos de graduação efetivem a presença da extensão nos seus respectivos currículos.   A medida é uma iniciativa da Coordenadoria de Políticas Extensionistas (Cpex-Proex/UFCA) para cumprir as determinações de documentos nacionais que discorrem sobre políticas para a educação, como o Plano Nacional de Educação (2014-2024), a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - LEI 9.394/96), as Diretrizes Curriculares Nacionais para o ensino superior e o Plano Nacional de Extensão (PNE). Este último exige que 10% da carga horária total da matriz curricular dos cursos de graduação correspondam a ações de extensão (PNE, Meta 12.7).   Conforne a Cpex-Proex/UFCA, a participação da comunidade acadêmica da UFCA na composição da minuta de extensão será importante para atender as especificidades de cada um dos cursos de graduação. O documento, atualmente em construção, será concluído após as considerações da comunidade.   Serviço   Pró-Reitoria de Extensão (Proex/UFCA) Coordenadoria de Políticas Extensionistas (Cpex-Proex/UFCA) Bloco I, sala 202 – campus Juazeiro do Norte Telefone: (88) 3221-9287 \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
«IniciarAnt567891011121314PróxFim»
Pagina 10 de 354