Início do Conteúdo
Danielle Feitosa

Danielle Feitosa

Quinta, 11 Outubro 2018 14:37

Welcome Day

O Welcome Day é um evento que ocorre anualmente no inicio do primeiro semestre letivo, para realizar o acolhimento dos estudantes estrangeiros para apresentar as atividades desenvolvidas pelos orgãos acadêmicos da UFCA. O evento ocorre ao longo de um dia, quando pela manhã é feita uma apresentação da Secretaria de Cooperação Internacional e dos outros setores que são importantes no cotidano dos calouros, bem como os respectivos representantes. Ocorre também a apresentação do Diretor da Unidade Acadêmica e do coordenador do curso de ingresso dos alunos. A tarde é realizada uma visita ao Campus de Juazeiro do Norte para conhecer a localização dos setores apresentados durante a manhã e encaminhar a entrega da documentação para a matrícula na universidade. 

 

I Recepção dos calouros PEC-G

II Recepção dos calouros PEC-G

III Recepção dos calouros PEC-G

Segunda, 08 Outubro 2018 10:38

Redes de Cooperação

A Secretaria de Cooperação Internacional da UFCA marca presença nas redes e grupos de cooperação internacional procurando aprimorar a internacionalização da Universidade Federal do Cariri, buscando conhecer instituições de ensino superior que estão em processo semelhante e, também promovendo novas parcerias que permitam o desenvolvimento de convênios futuros. A seguir apresentamos alguns destes grupos que a UFCA se associou neste processo:

FAUBAI (Associação Brasileira de Educação Internacional) : criado em 1988, reúne mais de 180 gestores ou responsáveis por assuntos internacionais e promove a integração e a capacitação dos gestores da área – por meio de seminários, workshops e reuniões regionais e nacionais. A UFCA é membro associado desde 2016 quando teve representantes participando dos eventos nacionais (Fortaleza, Porto Alegre e Rio de Janeiro) e regionais (Faubai-NE em Petrolina e Maceió) promovidos pela FAUBAI. Mais informações: http://faubai.org.br/pt-br/

Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB): associação composta de 70 instituições brasileiras de ensino responsável por financiar programas de bolsas de intercâmbio para estudantes. A UFCA aderiu ao grupo no ano de 2017 tendo representantes participando da Assembleia Geral que ocorreu em Cuiabá-MT. O Grupo Coimbra promove diversos programas que permitem o intercâmbio de estudantes de graduação e pós-graduação. Mais informações: http://www.grupocoimbra.org.br/

Terça, 02 Outubro 2018 14:18

Bolsas e estágios do curso

O estudante de jornalismo pode estagiar na área de acordo com ofertas de vagas do mercado (estágio não obrigatório) ou cursar estágio supervisionado a partir do sétimo semestre (estágio curricular obrigatório). 

Nos dois casos o estagiário deve entrar em contato com a central de estágios da UFCA.

O curso conta com um coordenador de estágio para orientar os estudantes de estágio supervisonado. 

Lista de empresas conveniadas

 

Terça, 02 Outubro 2018 14:17

Horários e locais de aula

O Curso de jornalismo da UFCA funciona no campus de Juazeiro do Norte no turno noturno. 

As disciplinas obrigatórias são ofertadas semestralmente das 18 às 22h.

As disciplinas optativas/eletivas são ofertadas no período da tarde das 14hs às 18hs ou no turno da noite de 18 às 22h.

A demanda das disciplinas é inserida no Sistema de Gestão Acadêmico SIGAA todo semestre.

Terça, 02 Outubro 2018 14:16

Grupos e projetos acadêmicos

Em construção.

Sexta, 28 Setembro 2018 10:36

Eventos

A internacionalização da UFCA prevê a realização de eventos pela equipe responsável pela Secretaria de Cooperação Internacional que promova a acolhida de estudantes estrangeiros, a mobilidade de discentes e docentes e também aproxime a cultura estrangeira. Neste sentido, foram estruturados três eventos que devem ser realizados anualmente ou a cada dois anos. 

A recepção de estudantes estrangeiros ocorre todo início de ano em curso quando é feita a acolhida dos alunos estrangeiros que estão chegando para estudar nos cursos da universidade, deste evento que desde 2018 chama-se Welcome Day participam representantes das Pró-Reitorias ligadas aos estudantes (PRAE, PROEX, PRPI, PROEN) e também é feito o convite ao Reitor para dar as boas vindas.

O International Day é um evento bianual que tem como princípio divulgar as oportunidades de mobilidade internacional, a experiência realizada pelos estudantes intercambistas da UFCA e também discutir a internacionalização da pesquisa, extensão e cultura.

O Fórum de Internacionalização também é um evento bianual que tem como princípio aproximar a cultura dos alunos estrangeiros que estão estudando na UFCA promovendo apresentações culturais e a troca de experiências com a comunidade.

 

 
Quarta, 19 Setembro 2018 15:32

Contatos

Secretaria de Acessibilidade 

Francileuda de Lima Linhares Teixeira 

 Secretária de Acessibilidade 

Telefone: 3221.9374

E-mail: acessibilidade.reitoria@ufca.edu.br

 

Divisão de Atendimento Interno

 

Divisão de Articulação com a Sociedade

Francisco Celestino de Andrade Filho 

Gerente da Divisão de Articulação com a Sociedade

Divisão de Produção e Edição de Materiais Bibliográficos Acessíveis 

Rute da Silva Leandro 

Gerente da  Divisão de Produção e Edição de Materiais Bibliográficos Acessíveis

Telefone: 3221.9375

E-mail: atendimentoacessibilidade.reit  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Quarta, 19 Setembro 2018 09:45

Ouvidoria e Direitos Humanos

Você já ouviu falar sobre direitos humanos?

Aposto que a sua resposta foi afirmativa. Contudo, o mais provável é que tenha lhe chegado a noção genérica de que eles abarcam todos os seres humanos, ou, ainda, o entendimento raso – e equivocado – de que só se destinam aos “bandidos”. Apesar desses entendimentos estarem incompletos ou equivocados, eles não estão errados: o errado é achar que direitos humanos se resumem a isso. E pior, imaginá-los como um mecanismo de merecimento ou pertencimento, como algo a ser barganhado.

Séculos atrás um grupo de pessoas se reuniu contra um governo abusivo e mostrou o que a força do posicionamento e da cidadania poderia fazer, propiciando a criação da “Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão”, a primeira declaração de direitos, que visava abarcar toda a humanidade e defendia a igualdade entre todos os seres humanos. Foi uma verdadeira revolução, a Revolução Francesa. Em diversos eventos posteriores a procura por condições básicas à humanidade continuou de forma intensa, ainda que essa busca, por si só, seja contraditória, pois dignidade humana deveria ser – e é – intrínseca ao ser humano. Pois é, falar sobre direitos humanos é complexo, mas ao mesmo tempo incrivelmente simples: óbvio até. Eles estão infiltrados nos nossos dias.

Sabe aquela situação de não proporcionar aos reclusos um ambiente digno, com trabalho, educação e saúde e, portanto, não oferecer oportunidades para uma ressocialização? Aquele enfermo que busca assistência? Aquele travesti da novela retratando a realidade de quem tem 35 anos de média de vida no nosso país? Tudo isso representa a busca por dignidade, por respeito aos mais básicos pilares da existência. Por que, então, o oferecimento destes ainda peca pela falta em tantas realidades? Por que, então, falar sobre eles é tão limitado, quase um tabu? Por que eles sempre são remetidos a parcelas, digamos, “marginalizadas” da sociedade e sempre com um teor pejorativo?

Exatamente porque os direitos que são polemizados, que causam estranheza, são aqueles quase nunca pensados, nunca levados em consideração. Já pararam para pensar nisso? E pior: a forma como reagimos a eles diz muito sobre como as pessoas a quem eles se destinam são enxergadas, expressa quão humanas elas são consideradas dentro desses direitos para humanos. É aquele questionamento que causa embrulho no estômago: “Direitos humanos para quais humanos?”! Eles pertencem a todos, sem distinção! Mas é perceptível que certas parcelas são mais mencionadas ou causam mais polêmicas que outras. E isso existe porque enquanto para uma parte da população os direitos são tão naturalizados ao ponto de se tornarem quase que imperceptíveis, para outras eles causam estranheza, comoção, choque. É quase como se a gente fizesse um ranking de quem é mais humano e menos humano. E isso é perturbadoramente assustador. E é por isso que a luta deve continuar!

Hoje a Ouvidoria Geral inicia um projeto chamado “Direitos humanos em tirinhas”, que será divulgado semanalmente, com o intuito de inovar os meios de difusão e fomento à educação em direitos humanos. Esperamos que gostem, até mais!

 

A Programa de Educação Tutorial do curso de Música, da Universidade Federal do Cariri (UFCA), torna público Edital de Seleção para voluntários.

São 2 vagas para estudantes do curso de música, que devem estar cursando entre o 1º e o 6º semestre.

As inscrições serão na sala 52 – PET música UFCA, no bloco rosa, das 14h às 17h a partir do dia 10/09/2018 até o dia 14/09/2018.

Para mais informações, acesse o Edital 01/2018.

 

A Programa de Educação Tutorial do curso de Administração, da Universidade Federal do Cariri (UFCA), torna público Edital de Seleção para voluntários.

São 3 vagas para estudantes do curso de administração, que devem estar cursando entre o 1º e o 7º semestre.

As inscrições serão realizadas via internet, de 04/09 a 11/09, através do site do Programa ou pelas redes sociais (Facebook e Instagram).

Para mais informações, acesse o Edital 02/2018.

«IniciarAnt12345678910PróxFim»
Pagina 1 de 24