Início do Conteúdo

Fórum de Internacionalização abre Mostra UFCA

Segunda, 05 Novembro 2018 15:11
Fórum de Internacionalização abre Mostra UFCA Lícia Maia - DCOM
A programação da quinta Mostra UFCA começou, na manhã desta segunda-feira (5), com evento na Faculdade de Medicina (Famed). O terceiro Fórum de Internacionalização da Universidade Federal do Cariri (UFCA), organizado pela Secretaria de Cooperação Internacional da instituição (SCI), reuniu estudantes estrangeiros que fazem graduação na UFCA e demais interessados no tema. Atualmente, estrangeiros ingressam na UFCA exclusivamente via Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G): uma iniciativa do governo brasileiro que oferece a jovens cidadãos de países em desenvolvimento a oportunidade de realizar graduação em instituições brasileiras. 

Durante a manhã de hoje, alguns dos discentes estrangeiros apresentaram informações e curiosidade sobre a história e a cultura de seus respectivos países. Entre as falas dos estudantes, houve uma breve mesa redonda formada peltitular da SCI/UFCA, David Vieira, pelo professor do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Artes (Iisca/UFCA), Francisco José da Silva, e pela a coordenadora do Núcleo de Línguas e Culturas Estrangeiras, ligado à Pró-Reitoria de Cultura (NucLi-Procult/UFCA), professora Isaura Rute de Azevêdo. Francisco José exaltou políticas públicas de aproximação com a África realizadas no Brasil nos últimos 20 anos, como a formalização do Novo Acordo Ortográfico em países lusófonos e o Estatuto de Igualdade Racial, aprovado em 2010. Já a professora Isaura Rute destacou as oportunidades para formação em língua estrangeira oferecidas pelo governo federal na UFCA: "não dá para falar de internacionalização sem passar pelo ensino de línguas estrangeiras. É aí que tudo começa", disse.

No momento reservado aos estudantes, alunas de Cabo Verde, de diferentes semestres do curso de Medicina da UFCA, cantaram o hino de seu país e trouxeram informações sobre colonização, política, geografia e turismo da nação africana. Conforme dito na exposição das estudantes, fica em Cabo Verde a primeira cidade construída por europeus nos trópicos: a cidade de Ribeira Grande, rebatizada como Cidade Velha no fim do século XVIII. O título foi reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Também são destaques turísticos de Cabo verde as ilhas do Sal e da Boa Vista, ambas com águas cristalinas. Com independência recente de Portugal (em 1975), Cabo Verde estabeleceu uma democracia parlamentar em 1991 e é hoje um dos países mais democráticos da África, celebrando até mesmo o "Dia da Democracia", em 13 de janeiro.
 
Já o arquipélago de Cuba foi representado pelo estudante de Medicina da UFCA, Luis Rubén. Luis trouxe novos olhares sobre o país de Fidel Castro, destacando o pioneirismo de Cuba na América Latina em setores como cinema, radiodifusão e televisão: "Cuba já foi conhecida como a Pérola do Caribe. No início do século XX, tinha uma economia forte, baseada na cana de açúcar. Com a proximidade geográfica dos Estados Unidos, houve grande importação de artefatos tecnológicos para Cuba, mas isso ocorria às custas do endividamento do Estado cubano. Foi também por causa da proximidade com os EUA que a Medicina em Cuba se desenvolveu tanto", explicou. Ainda segundo Luis, Cuba encara o apoio ao programa brasileiro Mais Médicos (que "importa" médicos para suprir a a demanda por profissionais em diversos municípios) como uma das 109 missões médicas cubanas realizadas em 64 países diferentes desde a Revolução de 1959: "Nessas missões, não há a expectativa dos profissionais de retorno financeiro. Encaramos como uma missão humanitária", afirmou.

Ainda no Fórum, a estudante de medicina Iniobong Sunday Udom, da Nigéria, apresentou vestimentas e demonstrou uma dança típica de seu país. Na sequência, o consultor em Cooperação Internacional do Ministério da Educação (MEC), Rafael Duarte, deu detalhes do programa PEC-G e destacou o índice de 83% de conclusão dos alunos beneficiados pelo programa. Também prestigiou o evento o coordenador do curso de Medicina da UFCA, prof. Joel Boechat, que falou sobre o desempenho satisfatório dos alunos PEC-G na instituição. As estudantes de Cabo Verde concluíram a programação com cantos, danças e poesia de seu país.

Confira as fotos do III Fórum de Internacionalização da UFCA.
 

Mostra UFCA

 
Com o tema "Reflexões e desafios para a promoção da justiça social", a quinta edição da Mostra UFCA vai reunir a comunidade acadêmica, de 5 a 9 de novembro, para apresentação das ações desenvolvidas na Universidade Federal do Cariri (UFCA) durante o ano de 2018. Além da apresentação de ações de ensino, pesquisa, extensão e cultura na UFCA, a Mostra promove anualmente minicursos, oficinas e eventos culturais. Ao todo, 553 atividades foram aprovadas para compor a programação acadêmica. A maior parte delas estará concentrada no campus Juazeiro do Norte, mas haverá atividades também nos demais campi. A organização do evento divulgou, ainda, a programação cultural da Mostra.


Serviço

Secretaria da Mostra UFCA
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
(88) 3221-9425 | 3221-9426 | 3221-9427
Lido 152 vezes