Início do Conteúdo

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE/UFCA) divulgou nesta sexta (14), a convocação do cadastro reserva dos programas auxílio-moradia e auxílio-transporte. Foram convocados 50 alunos do auxílio-transporte e 20 alunos do auxílio-moradia, totalizando uma chamada de 70 alunos. Acesse aqui a lista dos convocados e documentação necessária.   Para que possa ser efetivada a concessão dos programas, os estudantes deferidos nas vagas deverão até o dia 19 de outubro:   • 1. Entregar o Termo de Compromisso, a cópia do cartão do banco/ extrato da conta-corrente (em nome do estudante); 2. Apresentar Originais para conferência: • Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada do candidato e de todos os residentes, no mesmo domicílio, maiores de 18 anos. • Documento de identificação ( No caso dos candidatos que não apresentaram Carteira de Trabalho e Previdência Social durante o processo seletivo)   A entrega do Termo e conferência dos originais ocorrerá nos campi a seguir:   Campus Juazeiro do Norte: Data: até o dia 19 de outubro Horário: Segunda : 8h às 11h e 13:30 às 20h. Terça a sexta: : 8h às 11h e 13:30h às 17h Local: PRAE (sala 201, bloco I)   Campus Brejo Santo: Data: até o dia 19 de outubro Horário: 17h às 22h Local: Sedop   Campus Icó: Data: até o dia 19 de outubro Horário: 13h às 22h Local: Biblioteca   Campus Crato Data: 28 de setembro Horário: a confirmar por e-mail Local: sala 28 Campus Barbalha Data e horário a confirmar por e-mail.
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE/UFCA), por meio da Coordenadoria de Atenção e Integração Estudantil (CAIE), lançou, nesta quarta (12), o Edital Unificado-2018/PRAE para concessão de Auxílio-alimentação, Auxílio-creche, Auxílio-transporte, Auxílio Moradia e isenção do pagamento das refeições no Refeitório Universitário da UFCA. Os graduandos têm direito a concorrer em mais de um dos programas previstos no edital vigente. Serão disponibilizadas 215 vagas para o programa Auxílio-transporte, 190 vagas para o programa Auxílio-alimentação, 100 vagas para isenção no Refeitório Universitário, 15 vagas para o programa Auxílio Moradia e 10 vagas para o programa Auxílio-creche. A inscrição deve ser realizada no período de 12 a 21 setembro de 2018 e ocorrerá em duas etapas: Primeira Etapa – Preenchimento obrigatório do formulário de inscrição, disponível na plataforma forms. Segunda Etapa – Entrega do questionário socioeconômico impresso, das cópias dos documentos exigidos (item 14 do Edital Unificado-2018/PRAE) e do comprovante de inscrição do forms. As duas etapas são obrigatórias e o não cumprimento gera indeferimento da solicitação. O candidato que concorreu a um dos programas da PRAE, no ano de 2018, e que preenche os requisitos do Edital Unificado pode solicitar aproveitamento da documentação enviada, no ato da inscrição. Ainda que solicite o aproveitamento,  o discente deverá entregar: Questionário Socioeconômico do Edital Unificado-2018; Comprovante de inscrição da plataforma forms; Documentos complementares (se necessário); Caso tenha ocorrido alteração na condição socioeconômica familiar, o aluno deverá, também, anexar documentos que comprovem as alterações ocorridas;   Mais informações: Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – (PRAE) Telefone:  +55 (88) 3221 9363
Com o objetivo de fomentar a discussão sobre a educação em direitos humanos na universidade, a Ouvidoria Geral da Universidade Federal do Cariri (UFCA) lança este mês o projeto “Direitos Humanos em Quadrinhos”. O projeto propõe a criação e o compartilhamento de materiais que estimulem atitudes e comportamentos decorrentes de uma cultura de respeito à dignidade humana, utilizando a linguagem das histórias em quadrinhos para trazer à tona questões de visibilidade sobre grupos minoritários, tendo como foco a promoção de uma cultura de respeito às diferenças. Ao pensar na utilização das histórias em quadrinhos, o projeto propõe também novas perspectivas de acesso à informação dentro da Universidade, pensando o componente visual proporcionado pelo formato como um elemento facilitador da comunicação. As histórias em quadrinhos serão publicadas todas as quartas-feiras nos canais oficiais de comunicação da UFCA, acompanhadas por um texto explicativo que contextualize o tema abordado nas imagens. Confira a primeira história, lançada nesta segunda-feira. Você já ouviu falar sobre direitos humanos? Aposto que a sua resposta foi afirmativa. Contudo, o mais provável é que tenha lhe chegado a noção genérica de que eles abarcam todos os seres humanos, ou, ainda, o entendimento raso – e equivocado – de que só se destinam aos “bandidos”. Apesar desses entendimentos estarem incompletos ou equivocados, eles não estão errados: o errado é achar que direitos humanos se resumem a isso. E pior, imaginá-los como um mecanismo de merecimento ou pertencimento, como algo a ser barganhado. Séculos atrás um grupo de pessoas se reuniu contra um governo abusivo e mostrou o que a força do posicionamento e da cidadania poderia fazer, propiciando a criação da “Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão”, a primeira declaração de direitos, que visava abarcar toda a humanidade e defendia a igualdade entre todos os seres humanos. Foi uma verdadeira revolução, a Revolução Francesa. E em diversos eventos posteriores, a procura por condições básicas à humanidade continuou de forma intensa, ainda que essa busca, por si só, seja contraditória, pois dignidade humana deveria – e é – intrínseca ao ser humano. Pois é, falar sobre direitos humanos é complexo, mas ao mesmo tempo incrivelmente simples: óbvio até. Eles estão infiltrados nos nossos dias. Sabe aquela situação de não proporcionar aos reclusos um ambiente digno, com trabalho, educação e saúde e, portanto, não oferecer oportunidades para uma ressocialização? Aquele enfermo que busca assistência? Aquele travesti da novela retratando a realidade de quem tem 35 anos de média de vida no nosso país? Tudo isso representa a busca por dignidade, por respeito aos mais básicos pilares da existência. Por que, então, o oferecimento destes ainda peca pela falta em tantas realidades? Por que, então, falar sobre eles é tão limitado, quase um tabu? Por que eles sempre são remetidos a parcelas, digamos, “marginalizadas” da sociedade, e sempre com um teor pejorativo? Exatamente porque os direitos que são polemizados, que causam estranheza, são aqueles quase nunca pensados, nunca levados em consideração. Já pararam para pensar nisso? E pior: a forma como reagimos a eles diz muito sobre como as pessoas a quem eles se destinam são enxergadas. Expressa quão humanas elas são consideradas dentro desses direitos para humanos. É aquele questionamento que causa embrulho no estômago: “Direitos humanos para quais humanos?”! Eles pertencem a todos, sem distinção! Mas é perceptível que certas parcelas são mais mencionadas ou causam mais polêmicas que outras. E isso existe porque, enquanto para uma parte da população os direitos são tão naturalizados ao ponto de se tornarem quase que imperceptíveis, pra outras eles causam estranheza, comoção, choque. É quase como se a gente fizesse um ranking de quem é mais humano e menos humano. E isso é perturbadoramente assustador. E é por isso que a luta deve continuar.      
Entre os dias 12 e 27 de setembro, na Universidade Federal do Cariri (UFCA), será realizado o II Fórum Itinerante de Saúde Mental no Ensino Superior. O evento faz parte da programação do Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio. Com o tema "acolhimento e intervenção na saúde mental do estudante", a programação será composta de palestras, cine debates e oficinas sobre técnicas de relaxamento nos campi Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Brejo Santo. A inscrição é gratuita e pode ser feita até o dia 27 de setembro no site do evento. Promovido pela Pró-reitora de Assuntos Estudantis (PRAE), o II Fórum Itinerante de Saúde Mental tem como objetivo discutir questões relacionadas à saúde mental do estudante universitário, abordando formas de lidar com os sofrimentos e dificuldades gerados pela demanda da vida acadêmica e contribuindo para desenvolver a consciência para o autocuidado e atitudes saudáveis. Na UFCA os estudantes  também podem contar com atendimento psicológico gratuito, que pode ser solicitado a qualquer momento através dos e-mails \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e \n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . De acordo com Ana Virgínia, psicóloga da UFCA, as exigências e desafios que o estudante encontra no próprio curso são muitas vezes naturalizadas, sendo necessário  direcionar uma maior atenção para isto. "Haverá a colaboração de profissionais da área de saúde mental, trazendo informações atualizadas sobre essa questão, a fim de promover a qualidade de vida do estudante e agir de forma preventiva ao suicídio", afirma.   Confira abaixo a programação completa do evento.    
A Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) promove, mensalmente, encontros do Grupo Operativo de Promoção à Saúde Mental do Estudante. Os encontros abordam diferentes temas, promovendo a saúde mental, o fortalecimento de vínculos e buscando debater em grupo as questões que perpassam a vida do estudante universitário. No mês de setembro, os encontros ocorrem nas terças e quintas-feira, das 14h às 16h30, através de rodas de conversa, dinâmicas de grupo, atividades de relaxamento, entre outras.   Confira a programação:  
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), por meio da Coordenadoria de Atenção e Integração Estudantil (CAIE), divulgou, na última sexta-feira (06), o resultado final da renovação dos programas Auxílio Moradia e Auxílio-creche, confira.  Estudantes com resultado suspenso poderão regularizar a situação, entregando a documentação pendente ou atendendo ao disposto no artigo que ocasionou a suspensão, até o dia 10 de agosto, sob pena de cancelamento do auxílio. 
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), por meio da Coordenadoria de Atenção e Integração Estudantil (CAIE), divulgou, nesta segunda-feira (02), o resultado preliminar da renovação dos programas Auxílio Moradia e Auxílio-creche. Estudantes com resultado suspenso poderão regularizar a situação, entregando a documentação pendente ou atendendo ao disposto no artigo que ocasionou a suspensão, até o dia 10 de agosto, sob pena de cancelamento do auxílio.    Os período de recurso acontece na terça (03/07) e na quarta (04/07) através da Plataforma Forms e o resultado final da renovação será divulgado no dia 06 de julho.   Acesse aqui o resultado preliminar do Auxílio-creche.   Acesse aqui o resultado preliminar do Auxílio Moradia. 
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), por meio da Coordenadoria de Atenção e Integração Estudantil (CAIE), torna público o resultado parcial da renovação dos programas Auxílio Moradia e Auxílio Creche. Os estudantes com pendências na documentação devem entregar os documentos pendentes no período de 11 a 13 de junho, sob pena de ter o seu Auxílio suspenso. Os estudantes suspensos ou cancelados podem apresentar recurso através da plataforma forms nos dias 03 e 04 de julho. Confira o cronograma da renovação aqui.  
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), por meio da Coordenadoria de Atenção e Integração Estudantil (CAIE), informa que, em virtude da paralisação desta sexta-feira, 28, o prazo para entrega do Termo de Compromisso do programa Auxílio-alimentação foi prorrogado para terça-feira, 02 de maio.  Dessa forma, os aprovados no programa terão até o dia 02 de maio para entregar o Termo nas DIAPs dos respectivos campus.
A Diretoria de Assistência Estudantil lançou na última quarta-feira, 16, o edital unificado nº 01/2016 para concessão de 355 bolsas, divididas entre os programas Bolsa de Iniciação Acadêmica, Auxílio Alimentação, Auxílio Creche e Auxílio-Transporte a estudantes da UFCA em situação de vulnerabilidade socioeconômica.
«IniciarAnt12345678910PróxFim»
Pagina 4 de 11