Início do Conteúdo

Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas abrem colações de grau de 2019 em Juazeiro

Sexta, 15 Março 2019 01:16
Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas abrem colações de grau de 2019 em Juazeiro Foto: Emanoella Callou - Dcom/UFCA

A primeira noite de colação de grau com cerimônia de 2019 no campus Juazeiro do Norte reuniu 75 formandos da Universidade Federal do Cariri (UFCA) nesta quinta-feira (14). Ao todo, foram 5 concluintes de Administração, 10 de Administração Pública, 10 de Biblioteconomia, 6 de Design de Produto - Habilitação em Calçados; 9 de Design de Produto - Habilitação em Joias, 7 de Filosofia - Bacharelado, 4 de Filosofia - Licenciatura, 1 de História - Bacharelado, 17 de Jornalismo e 6 de Música. A ata de colação de grau trazia 76 nomes, mas uma concludente de Jornalismo apta a colar grau não compareceu.

 

 

"Marielle Presente"

Antes do início da cerimônia, integrantes do Movimento Estudantil lembraram a data de morte da vereadora carioca Marielle Franco, assassinada a tiros em 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro. Após entoar palavras de ordem no auditório Beata Maria de Araújo, o grupo foi aplaudido pela plateia que aguardava o início da cerimônia. Com auditório lotado, a colação de grau começou às 20h. Concludentes e oradores também lembraram Marielle ao longo do evento.

 

Mesa de Colação de Grau

A mesa cerimonial foi composta pelo Reitor da UFCA, Ricardo Ness; pelo Vice-Reitor e também Pró-Reitor de Planejamento, Juscelino Pereira; pelos titulares de outras 4 Pró-Reitorias - Fabiana Lazzarin (Extensão), Laura Hévila (Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação), Ledjane Sobrinho (Assuntos Estudantis) e Robson de Almeira (Cultura) -, pelo Pró-Reitor Adjunto de Graduação, Rodolfo Jakov, e pelos coordenadores dos cursos dos formandos: Rafael Pazeto (Administração); Wendel de Freitas (Administração Pública); Deise Santos (Biblioteconomia); Manoel Xenofonte (Design de Produto); Valdetônio Alencar (Filosofia - Bacharelado); Fernando Sepe Gimbo (Filosofia – Licenciatura) e Diógenes de Luna (Jornalismo). O curso de Música foi representado pelo Vice-Coordenador do curso, Antonio Chagas Neto.

Além dos coordenadores, também compuseram a mesa os diretores dos centros e dos institutos responsáveis pelas formações: a Diretora do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA/UFCA), Maria Cleide Rodrigues Bernardino; o Diretor em exercício do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Artes (Iisca/UFCA), Nilo César Batista, e o Diretor do Instituto de Estudos do Semiárido (Iesa/UFCA), Rodrigo Capistrano.

 

"Lembro como se fosse hoje o meu primeiro ano de faculdade"

Os dois oradores da noite vieram do curso de Jornalismo, que teve o maior número de formandos da cerimônia. O professor Ricardo Salmito foi o orador docente e a formanda Lícia Maia, a oradora discente. Lícia emocionou muitos dos presentes ao destacar as dificuldades financeiras e acadêmicas por que passam muitos dos estudantes da UFCA (80% deles com renda familiar per capta abaixo de R$ 800,00) : “Lembro como se fosse hoje o meu primeiro ano de faculdade. Morava com mais três [pessoas] em um apartamento pequenininho, lá no Crato. Sobrou um mês no fim do dinheiro, e a primeira pessoa por quem a gente grita: 'mãe!' (...) Ela me disse: 'minha filha, eu não tenho dinheiro, mas vou lhe mandar uma feira'. Foi na bodega ao lado de casa e comprou fiado feijão, arroz, cuscuz, leite, farinha e macarrão. E mandou depressa na topic que faz rota entre a minha cidade, Iguatu, e o Cariri”, recordou.  

 

"Cada uma e cada um se vão na medida do tempo, e aqui permaneço ficando na saudade"

Já o professor Salmito citou o linguista alemão Wilhelm von Humboldt, cujo modelo de universidade se difundiu pela Europa: "Para Humboldt, duas tarefas estão postas para a universidade: o desenvolvimento máximo da ciência e a produção de conteúdo responsável pela formação intelectual e moral. Ou seja, a universidade deve combinar ciência e formação subjetiva”, disse. Salmito destacou ainda um sentimento antagônico provocado pela formatura: "É uma sensação boa e ao mesmo tempo estranha. Boa, pela ultrapassagem de uma etapa tão importante, e ao mesmo tempo estranha, por uma sensação de separação da convivência. Daqui em diante, cada uma e cada um se vão na medida do tempo, e aqui permaneço ficando na saudade. No fundo vou embora com vocês, e ao mesmo tempo fico, com a intenção de defender a educação, a liberdade de pensamento, a experimentação, a permanência da universidade, a manifestação da pluralidade dos afetos e a vida compartilhada. Parabéns a todas e todos que completam esse trajeto acadêmico".

 

"Belezinha" homenageado

Seguindo o protocolo de homenagem a algum servidor técnico-administrativo ou a algum colaborador terceirizado, o conjunto de formandos da noite homenageou o colaborador Carlos Alberto Jaguaribe, o Belezinha, que trabalha no Refeitório Universitário do campus Juazeiro do Norte. O colaborador terceirizado foi aplaudido de pé pelos presentes.

Antes de receberem o grau de suas respectivas formações pelo Reitor, os formandos fizeram o juramento padrão, conduzido pela formanda em Biblioteconomia, Aliciane Karina Alencar.

 

Pesar pelo Massacre de Suzano

Após a colação de grau, o Reitor, Ricardo Ness, parabenizou os recém-formados profissionais: “Compartilhamos com vocês, formandos e formandas, e com seus estimados pais, sentimentos de alegria, que se somam aos de orgulho e aos de dever cumprido. Cada um e cada uma dos que fazem a Universidade Federal do Cariri dedicaram a vocês um criterioso trabalho para vê-los qualificados para, a partir de hoje, assumir um compromisso com a profissão que escolheram. Se de um lado a universidade cumpriu o seu papel, de outro, com seus estudos e demais atividades acadêmicas, foram vocês que conquistaram a chegada a esse tão almejado momento”, afirmou.

Ricardo Ness finalizou seu discurso externando pesar às famílias das vítimas do massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no município de Suzano, em São Paulo. 

 

Colações de Grau 2019.1

A colação de grau desta quinta-feira foi a segunda deste ano com cerimônia. A primeira foi a do campus Brejo Santo, no último dia 8, na qual se formaram 25 estudantes. Amanhã (15), haverá nova colação de grau no campus Juazeiro do Norte, com 39 concluintes dos cursos de Agronomia, de Engenharia de Materiais e de Engenharia Civil. Em Icó, colarão grau 15 estudantes de História, em cerimônia marcada para o próximo dia 22.

 

Acesse as fotos do evento. 

 

Serviço

Campus Juazeiro do Norte – UFCA
Avenida Tenente Raimundo Rocha, 1639, Cidade Universitária, Juazeiro do Norte-CE
(88) 3221.9200

 

 

 

Lido 828 vezes