Início do Conteúdo

Espaço para alegria

O ambiente dos nosocômios, especialmente para o paciente internado, é, via de regra, estressante, uma vez que ele é submetido à rotina hospitalar, vestindo a roupa da instituição, passando a ter um número de prontuário e enfrentando tratamentos dolorosos, além do sofrimento próprio da sua enfermidade.
 
Acrescente-se a estes fatos a sobrecarga de trabalho que os profissionais de saúde possuem, impossibilitando-os, muitas vezes, de oferecer um atendimento personalizado e humanizado, que transmita informações na área da saúde e alguma forma de conforto ou alegria.
 
Espera-se criar, no ambiente hospitalar, espaços para a humanização, recreação, diálogo e apoio emocional, promovendo alegria, esperança e conforto aos pacientes, implantando uma nova postura no estudante de medicina que apresente não somente habilidades, mas atitudes profissionais humanas, que conduzam a uma sociedade mais sadia e justa, utilizando-se metodologias simples como contar histórias, apresentações musicais e de fantoches e conversas de apoio emocional.
 
Coordenador: Oliveira Porto ( O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. )