Início do Conteúdo

Última noite de colação de grau 2017.1 celebra conquistas dos estudantes

Sexta, 11 Agosto 2017 20:51
Colaram grau 39 formandos dos cursos de Administração, Administração Pública, Biblioteconomia, Engenharia Civil e Engenharia de Materiais Colaram grau 39 formandos dos cursos de Administração, Administração Pública, Biblioteconomia, Engenharia Civil e Engenharia de Materiais Emanoella Callou
No dia em que se comemora o Dia do Estudante, 11 de agosto, os 39 formandos dos cursos de Administração, Administração Pública, Biblioteconomia, Engenharia Civil e Engenharia de Materiais celebraram a conquista de deixar esse lugar, formalmente, após os anos de graduação, e iniciar uma nova etapa de vida, seja novamente como estudante, pesquisador, profissional ou tantos outros caminhos que um graduado pode percorrer. A cerimônia foi realizada no auditório novo do campus Juazeiro do Norte. 
 
A solenidade contou com juramento; discursos do orador discente, docente e do reitor Pro tempore de UFCA, professor Ricardo Ness; além da outorga do grau e entrega simbólica dos diplomas. 
 
Em discurso, a oradora discente Suzana Barreto Noronha Ribeiro, concludente do curso de Engenharia de Materiais, ressaltou o quanto cada um é vencedor, após enfrentar as dificuldades da graduação. "Chegamos, finalmente, ao tão desejado e esperado momento. Não foi fácil, muitos desistiram e outros ainda estão pelo caminho, mas a verdade é que poucos sabem o que passamos nas longas madrugadas de estudo, vivendo boa parte desse tempo sob estresse, pressão, angústia", destacou. Relembrou os momentos juntos, as risadas, as brigas, o apoio entre os colegas que hoje podem ser chamados de amigos. Desejou força frente aos novos desafios e dificuldades. "Que a juventude que temos seja eterna e que o desejo de melhorar o mundo saia da utopia e habite a realidade", disse.
 
O orador docente, professor Marcus Vinicius de Oliveira Brasil, do curso de Administração, também recordou os desafios enfrentados pelos discentes, seja no 
aprendizado; no cansaço após um dia de trabalho, pois tinham de exercer um trabalho remunerado; ou mesmo no deslocamento, já que muitos eram de municípios vizinhos. 
 
Ressaltou também todo o esforço que a universidade empreendeu para preparar os estudantes. "Nós da UFCA, temos a certeza de que todo esforço foi empreendido no sentido de instruí-los e prepará-los, considerando sempre as marcas pessoais e educacionais, para serem homens e mulheres humanizados, competentes, responsáveis com as causas sociais e com a sustentabilidade planetária, sendo agentes transformadores e geradores de novas tecnologias que respeitem o meio ambiente. Seres humanos melhores, criativos e preparados para as transformações que o mercado de trabalho e a vida possam requerer durante sua carreira profissional", frisou. 
 
Disse ainda que deseja encontrar cada estudante ocupando o espaço social para o qual estudou e se preparou. "Queremos encontrá-los no mercado de trabalho como seus clientes ou demandantes, ou ainda utilizando os serviços ou produtos de suas empresas. Desejamos que sejam pesquisadores de sucesso, com artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Almejamos solicitar serviços nas bibliotecas que forem atuantes, como profissionais da informação. Sonhamos que exerçam cargos públicos municipais, estaduais e federais para mudar a ordem social, econômica e política de nosso Brasil, visto que a formação de competências que foi ofertada por nossa instituição perpassa os limites das salas de aula. Queremos ver estradas e edificações construídas por nossos alunos e alunas, bem como inovações de materiais mais sustentáveis".
 
O reitor pro Tempore da UFCA, professor Ricardo Ness, em discurso, lembrou o dia 11 de agosto, comemorado no País há 90 anos, e enfatizou a importância dos concludentes para a construção de um País diferente. "Da mesma forma que falamos aos estudantes, mas, no caso de vocês, atribuindo muito mais responsabilidades, pois afinal são agora profissionais, de forma enfática também reafirmamos: Jovens, o futuro e a esperança do nosso país estão com vocês", disse. 
 
Também deu conselhos a cada um dos profissionais que estavam recebendo grau. Afirmou ainda que a Universidade Federal do Cariri assumiu com responsabilidade a dedicação em formar os estudantes, mas cada um também fez sua parte para chegar a esse momento. "Estejam cientes que cada um da Universidade Federal do Cariri assumiu com responsabilidade suas atribuições e dedicaram a vocês, formandas e formandos, um criterioso e abnegado trabalho para vê-los hoje qualificados para assumirem seus compromissos, além dos muros da universidade, como profissionais da Administração, Administração Pública, da Biblioteconomia, da Engenharia Civil e da Engenharia de Materiais. Mas, sem dúvida, foi a dedicação de vocês aos estudos e à vida acadêmica que os levou a esse grandioso momento".

 

Colação de grau 2017.1

 
No primeiro dia, colaram grau 33 estudantes dos cursos de Agronomia, Jornalismo, Filosofia (bacharelado e licenciatura), Música e Design de Produto. Leia mais aqui.
 
Lido 1348 vezes