Início do Conteúdo

Dia do Estudante: auxílios e serviços contribuem para permanência na UFCA

Sexta, 12 Agosto 2016 09:44
Estudantes também podem receber atendimento pedagógico, psicológico e do Serviço Social na DAE Estudantes também podem receber atendimento pedagógico, psicológico e do Serviço Social na DAE Gabriela Meneses
O ingresso no ensino superior frequentemente é seguido de alegria pela conquista e de expectativa quanto ao futuro que a vida acadêmica reserva. Para contribuir nessa etapa da vida, a Universidade Federal do Cariri (UFCA) oferta bolsas e auxílios na perspectiva de colaborar com a manutenção dos discentes na instituição, especialmente aqueles com vulnerabilidade socioeconômica comprovada e aos que ingressaram por meio de ações afirmativas. 
 
Para o reitor Pro tempore da UFCA, professor Ricardo Ness, os auxílios ajudam a reduzir a evasão dos estudantes. “Diferente da situação de um passado recente, o jovem caririense e dos estados vizinhos de todas as classes sociais tem hoje a possibilidade de concluir um curso superior sem a necessidade de um grande deslocamento, pois encontra próximo a seu núcleo familiar uma instituição que o acolhe em instalações adequadas e lhe oferece condições para uma excelente aprendizagem e formação profissional”, conta.
 
A oferta de auxílios é ação pertinente ao Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) e gradualmente cresce ao longo dos anos na UFCA. Desde que a universidade foi criada, em 2013, a Diretoria de Assistência Estudantil analisa e concede os benefícios. No primeiro ano 104 auxílios foram concedidos aos discentes. No ano seguinte esse número quase triplicou, alcançando 303, e, em 2015, chegou a 911. No primeiro semestre de 2016, 878 alunos já foram beneficiados com a oferta de auxílios.
 
“Fechamos o primeiro semestre de 2016 já com mais de 870 alunos beneficiados”, avalia a diretora da DAE, professora Ledjane Sobrinho. “Esses programas, com base em critérios de vulnerabilidade socioeconômica, apoiam os estudantes para o recebimento de benefício financeiro, oportunizando a sua permanência durante o tempo regular do seu curso até sua diplomação”, explica.
 
Os mais ofertados ao longo dos anos são o Auxílio Moradia (1.870 concessões); Bolsa de Iniciação Acadêmica (1.089); Auxílio Alimentação (954) e Auxílio Transporte (848). Para ter acesso aos auxílios ofertados pela DAE, o discente precisa comprovar renda per capita de até um salário mínimo e meio, além dos critérios e documentos exigidos em cada edital específico. Qualquer discente pode ter acesso ao Auxílio Financeiro a Eventos (acadêmicos e científicos), mesmo não se enquadrando em ação afirmativa ou como vulnerável socioeconomicamente.
 
Estudante de Jornalismo, Regilânia Quirino recebe o Auxílio Emergencial no valor de R$ 400 mensais que, segundo ela, são imprescindíveis para a continuidade de seus estudos na universidade, desde que ingressou em 2015. “O auxílio me permite manter os estudos”, conta. “Sem ele eu não poderia arcar com as despesas da faculdade como xerox, alimentação e transporte, além de me ajudar em algumas despesas de casa”.
 

Restaurante Universitário

 
Através dos 878 auxílios concedidos no primeiro semestre deste ano, 595 estudantes obtiveram isenção no Restaurante Universitário. Os demais pagam somente R$ 1,10 pela refeição (almoço ou jantar), porque parte da alimentação é subsidiada pelo PNAES. Entre janeiro a julho, 136.556 refeições foram servidas aos discentes da UFCA.
 

Calendário de auxílios

 
No primeiro semestre de cada ano, a DAE lança edital único para selecionar estudantes aptos aos auxílios Creche, Transporte, Alimentação e Bolsa de Iniciação Acadêmica. O processo seletivo para Auxílio Moradia ocorre no segundo semestre. O auxílio Financeiro a Eventos pode ser solicitado a qualquer momento, enquanto os auxílios Óculos e Emergencial deve ser requerido entre os dias 15 a 25 de cada mês, sendo ofertados aos estudantes que não se enquadram nas demais assistências.
 

Outros serviços

 
Com o retorno das aulas agendado para 15 de agosto, os discentes da UFCA poderão contar, além dos auxílios financeiros, com atendimentos pedagógicos. Os atendimentos psicológicos, por sua vez, foram retomados em julho. Os estudantes ainda têm a oportunidade de receber visitas de profissionais do Serviço Social em suas casas a fim de que a universidade tome conhecimento de sua realidade social. 
Lido 1659 vezes