Início do Conteúdo

Fotógrafo paraibano Augusto Pessoa participou de debate com estudantes da UFCA

Quarta, 13 Junho 2018 10:28
Diálogos com a Fotografia Diálogos com a Fotografia Emanoella Callou

Na última segunda-feira (11) o fotógrafo paraibano Augusto Pessoa participou de um debate na Universidade Federal do Cariri (UFCA). O evento foi promovido pelo projeto Diálogos com a Fotografia, vinculado a Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT). O projeto promove rodas de conversa e debates com fotógrafos convidados, além de oficinas e eventos na área da fotografia.

Augusto Pessoa, que está com a exposição “Brazil Profundo” em  cartaz no SESC-Crato até o dia 30 de junho, falou sobre a trajetória de sua carreira relatando experiências de viagens e projetos. O evento foi aberto à comunidade e contou com a participação dos estudantes da disciplina de Fotografia do curso de Jornalismo da UFCA.

Para o estudante Raoni Bezerra, que é bolsista do projeto e participou ativamente da organização da atividade, a experiência foi significativa, “é muito bom poder conversar com alguém com tanta experiência, foi muito inspirador”, afirmou. Raoni pretende atuar como fotógrafo profissionalmente e está começando sua carreira enquanto cursa Jornalismo na UFCA. A agenda do Projeto para este ano inclui ainda a organização do IV Foto Síntese, evento de fotografia realizado pela UFCA, oficinas de fotografia voltadas para a comunidade externa e mais diálogos como este.

Augusto Pessoa

Jornalista e fotógrafo desde 1994, Augusto desenvolve um trabalho autoral de documentação do Nordeste brasileiro, com foco na cultura popular e religiosidade. Em 1999 iniciou um projeto de documentação do legado deixado pela civilização Inca nos países da Bolívia, Chile e Peru, o projeto culminou com a produção de um curta metragem, em 2011, sobre os 12 anos de expedições fotográficas. Desde então, o fotógrafo vem se dedicando a produção de filmes documentários. Em 2012 produziu o filme O Pau da Bandeira, sobre a tradicional festa da cidade de Barbalha - CE, o documentário ganhou dois prêmios de fotografia (Curta Canoa e Festcineamazonia) e um de melhor filme (Fatu - Paraty - RJ).

Lido 229 vezes